A Polícia Civil precisa aprofundar as investigações acerca de uma dupla de golpistas que vem atuando há muito tempo na cidade com o famoso golpe do bilhete premiado. 

As vítimas são quase sempre as mesmas: senhoras idosas e aposentadas, pessoas que se deixam levar facilmente por histórias fictícias e por gente de lábia fácil, que acreditam nas peripécias que contam e acabam indo sacar seu suado dinheirinho no banco e o entregam nas mãos desses vagabundos. 

Ontem, mais uma vítima caiu no golpe, segundo o que publicou o Jornal Correio Lageano, edição desta quarta-feira (14/01). Dois vagabundos se  aproximaram da senhora de 83 anos. Um deles puxou conversa e disse que tinha um bilhete premiado, etc, etc. Em seguida entrou em cena o outro, para dar maior veracidade à mentira. 

Agindo conjuntamente, foi fácil enganar a pobre senhora, que foi com eles ao banco sacar R$ 20 mil para dar aos sem vergonhas (ela ganharia R$ 50 mil com o bilhete premiado). 

Feito o saque e com os R$ 20 mil em mãos, os dois fugiram e deixaram a pobre senhora (que deve ser louca por dinheiro já que queria lucrar R$ 30 mil sem fazer nada) a ver navios. Perdeu os R$ 20 mil, reunidos sabe-se lá durante quanto tempo e com que sacrifícios. 

E os dois continuam por aí, com o mesmo modus operandi de sempre. As denúncias são feitas e nada da "inteligência" de nossa Polícia Civil prender os larápios. Não dá para fazer um retrato falado dos dois? Checar com as fotos dos registros dos larápios? Checar com o retrato falado de outros casos semelhantes? Fazer alguma coisa, enfim??????

Loreno Siega - Revista Visão