O Internacional de Lages perdeu para a Chapecoense por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (11/03), em Chapecó, em partida válida pela segunda rodada do hexagonal decisivo do Catarinense. Ananias e Roger fizeram os gols da partida.

Desfalcado de seus dois principais goleadores (Marcelinho Paraíba, que tem seis gols no campeonato, e Reinaldo, que já marcou três), o Inter jogou fechado, disposto a matar as chances da equipe da casa. Mas isso não significava abrir mão de atacar. E foi o que o Inter fez aos 3 minutos: Valdo Bacabal roubou a bola de Richarlyson e entrou na área. Ele bateu na saída de Nivaldo, mas a bola acertou a trave.

A boa marcação colorada deu poucas chances à Chapecoense, uma das favoritas ao título catarinense deste ano, de armar suas jogadas no primeiro tempo. Em um dos principais lances da equipe da casa, aos 12 minutos, Roger dominou a bola na área e bateu com força. Fernando Henrique, bem postado, espalmou para escanteio.

O Inter teve menos lances de ataque em comparação com os donos da casa, mas não deixou de chegar com perigo. Em um dos principais lances colorados na primeira etapa, Antônio lançou para Lucas Gabriel. O meia bateu pata o gol e exigiu defesa em dois tempos de Nivaldo.

Na etapa final, a Chapecoense pressionou o Inter desde o início, mas seguiu esbarrando na forte marcação colorada e nas boas defesas do goleiro Fernando Henrique. Até que, aos 24 minutos, Ananias abriu o placar, depois de receber cruzamento por baixo de Maranhão.

Pouco depois, Marcelo Mabilia, o treinador colorado, pôs em campo o meia Willian Sotto, que fazia sua estreia pela equipe, e o atacante Gustavo; Parrudo e Valdo Bacabal foram os substituídos. Havia tempo para tentar o empate, mas, aos 36 minutos, Roger acabou frustrando o esforço colorado ao receber lançamento de Ananias e bater firme, por baixo, e marcar o segundo da Chapecoense.

O Inter volta a entrar em campo no sábado, e mais uma vez fora de casa. O duelo será contra o Criciúma, às 16h.

Assess. de Imprensa do Inter de Lages