Os campos verdes, de se perder de vista, repletos de araucárias centenárias e muros de taipas, riachos de águas cristalinas e corredores das tropas, com mais de 200 anos de história, foram cenário para aproximadamente 550 ciclistas de várias regiões do país, que participaram do 2° Desafio Bike Serra – A Conquista da Coxilha Rica. O evento foi realizado neste sábado (16) e domingo (17) e teve apoio logístico da prefeitura, através da Secretaria de Turismo.

O prefeito interino Toni Duarte fez questão de estar presente no momento da largada para dar apoio aos atletas que iriam competir nas provas. Ele ainda os acompanhou por um trecho de estrada de chão com sua motocicleta preparada para trilhas. “Esta era uma prova esportiva até pouco tempo desconhecida em Lages, e vem ganhando muitos adeptos, além de desbravar os caminhos da Coxilha Rica, uma das belezas naturais de nossa região. Ficamos muito felizes por ver essa movimentação, com a promoção do turismo de eventos, trazendo muita gente de fora”, comenta.

Como foram as provas

Foram mais de 20 categorias divididas entre a Marathon Pró 70 km, a Marathon Sports 37 km e o Cicloturismo 37 km. Ainda foi realizada o Bike Serrinha, contemplando crianças até 10 anos de idade. Os atletas se concentraram desde as 6h de domingo no Jockey Club de Lages para pegar seus kits, com placas e pulseiras de identificação, com saída para as provas às 8h. A largada foi neutra até a antiga BR-2, escoltada por agentes municipais de trânsito para garantir a segurança dos participantes. A partir daí iniciou uma verdadeira maratona com muita aventura e emoção, passando pelas mais belas paisagens da região.

Pessoas de todas as idades participaram, alguns até na terceira idade ou com sobrepeso, superando seus limites físicos e os próprios desafios. Foram adquiridas camisetas do evento e sorteio de brindes no fim da prova, além de almoço por adesão e premiações aos primeiros colocados por faixa etária. No sábado os atletas inscritos participaram do workshop Bike Serra, com palestra sobre Cicloturismo, com Tânia Pickler e Marcelo Moser Pinguim.

Ciclismo cresce em Lages

De acordo com a comissão organizadora do evento, entre eles o analista de marketing Severiano Hugen Júnior e o médico gastroenterologista Osmar Guzatti, cerca de 70% dos participantes são atletas de fora, dos três Estados do Sul e até de outras regiões do país. “Este foi o segundo maior evento ciclístico do Estado em número de participantes. Conseguimos divulgar o ciclismo em Lages e hoje temos muitos grupos que promovem encontros para pedalar nos fins de semana”, comemora Osmar.

Eles são dois dos mais de cem integrantes do grupo Bike Serra Lages, composto por homens e mulheres de todas as idades, alguns já experientes e outros iniciantes no pedal. O grupo ganhou mais força e adeptos depois da primeira edição do desafio, no ano passado. As pedaladas acontecem em grupos, geralmente nos fins de semana e também em eventos ciclísticos pelo Estado.

 

Informações Secretaria de Comunicação Prefeitura de Lages