Foi assinado nesta quinta-feira, 18, em Bocaina do Sul, o convênio que vai garantir o repasse de R$ 1,49 milhão do Governo do Estado para a prefeitura executar obras de melhorias em 22 quilômetros de estradas rurais do município da Serra catarinense. A medida faz parte do programa SC Rural, iniciativa que busca promover e qualificar o trabalho de famílias catarinenses que se dedicam à produção no campo.

A participação do governador Raimundo Colombo no evento foi cancelada devido ao tempo instável na região na manhã desta quinta. O secretário-executivo do SC Rural, Julio Cezar Bodanese, que representou o governador Raimundo Colombo, lembrou que os recursos para as estradas complementam ações já executadas pelo programa na cidade. Desde 2012, foram investidos cerca de R$ 380 mil – sendo R$ 300 mil por parte do governo e o restante em contrapartida de produtores locais.

Entre as ações realizadas, estão medidas para a profissionalização de famílias que trabalhavam com produção de vime na cidade.

"Ajudamos essas famílias para que elas transformassem suas propriedades rurais em empresas, trazendo o desenvolvimento para toda a região. Esses jovens produtores hoje trabalham a cadeia de vime de uma forma diferenciada, com muito mais eficiência e com ganho agregado ao seu trabalho. E, agora, as estradas melhoradas vão contribuir para o transporte dessa produção, que está crescendo e vai continuar evoluindo", destacou Bodanese.

O prefeito de Bocaina do Sul, Luiz Carlos Schmuler, explicou que foram selecionadas para melhorias das estradas que vão beneficiar diretamente o escoamento da produção do grupo que trabalha com vime na cidade. Ele afirmou que o próximo passo é a realização da concorrência pública para contratar a empresa responsável pela realização das obras. A expectativa é iniciar os trabalhos dentro de 40 dias.

Ele agradeceu também à equipe técnica da Amures que elaborou projetos para o SC-Rural. “Mais de 70% da nossa população está no interior e sozinho não conseguiríamos atender as demandas. A equipe de engenheiros da Amures fez adequações em onze barracões de famílias ligadas a associação de produtores de vimes, que era uma exigência do programa”, agradeceu o prefeito.

O presidente da Amures, prefeito de Correia Pinto Vânio Forster acompanhou a solenidade e agradeceu ao Estado pela parceria e o apoio ao homem do campo. “É o dinheiro mais bem empregado, porque além de manter o homem no campo ajuda para que o transporte escolar e serviços como de saúde cheguem nas comunidades interioranas”, afirmou Forster.

Informações Oneris Lopes / AMURES