O prefeito Toni Duarte e o governador Raimundo Colombo entregarão neste sábado (4/07), às 11h30min, as 12 casas modulares construídas no bairro Santa Catarina, entre as ruas Osvaldo Aranha e Antônio de Oliveira Waltrick, a famílias em situação vulnerável de moradia. O local foi estabelecido em regime de condomínio. O terreno foi adquirido pela prefeitura. As unidades foram custeadas pela Secretaria de Estado de Proteção e Defesa Civil. Os beneficiados são moradores de uma área de risco no bairro Santo Antônio. Parte das famílias foi removida para aluguel social custeado pela prefeitura.

A necessidade da transferência ocorreu devido a uma movimentação de massa de alta intensidade, com queda de barranco, provocada por fortes chuvas em setembro de 2013. A montagem das unidades habitacionais modulares foi acompanhada pela Secretaria Municipal de Habitação e pela Defesa Civil de Lages. A empresa Fischer, de Brusque, confeccionou as peças utilizadas. A Construtora WDD, de Nova Trento, executou as obras.

A terraplanagem foi realizada por um trator de esteira cedido pela Secretaria de Agricultura e Pesca. A Secretaria de Infraestrutura instalou tubulação e canalização; a Municipal de Águas e Saneamento providenciou rede de água e esgoto; a de Meio Ambiente e Serviços Públicos fez a iluminação pública. Na área haverá uma rua pública. À prefeitura coube ainda contato com as Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) para que providenciasse energia.

Montagem facilitada

A unidade modular é composta por aço e tem resistência à queda de granizo, incêndio e sistema antitérmico. Cada casa possui 39,4 metros quadrados de área construída, distribuídos em sala e cozinha conjugados, dois quartos, banheiro e área de serviço. Todas as unidades foram adquiridas com recursos do Fundo Estadual da Defesa Civil (Fundec). O investimento médio em cada unidade é de R$ 38 mil.

Assess. de Imprensa da PML – Foto: Divulgação