As fortes chuvas ocorridas neste mês de julho causaram muitos problemas nas estradas do interior de Lages, afetando com mais intensidade vias localizadas nas localidades de Mangueirão, Santa Catarina das Pedras Brancas, Gramados e a entrada da cascalheira de Índios.Mesmo durante o período de chuvas, trabalhos emergenciais tiveram de ser feitos pelas equipes da Secretaria de Agricultura e Pesca, garantindo-se a passagem de veículos em determinados pontos.

O excesso de água, devido às enxurradas, provocou a formação de valas e o afundamento do leito das estradas (crateras) em alguns locais. Na região de Gramados o problema foi agravado pela passagem de tratores e dos caminhões carregados de madeira (pinheiro americano).Na manhã desta quarta-feira (22), o secretário de Agricultura, Moisés Savian, acompanhado do diretor de Infraestrutura do Interior, Antonio Correa, vistoriou as estradas de Gramados e Cadeados.

Agora, com a melhora do tempo, as equipes retornarão aos trabalhos, inicialmente recuperando os pontos mais críticos. “No geral, pelo que foi constatado, as estradas estão em boas condições de trafegabilidade, porém, as chuvas e o trânsito de veículos de tração e carga (alguns com até 50 toneladas de peso) provocaram a formação de pontos críticos e estes sim precisam ser reparados com urgência”, detalha Moisés.

Em função disso, a demanda de serviços compreende a desobstrução de bueiros, saídas de água e valas, e reforço no cascalho, basicamente. A Secretaria de Agricultura mantém equipe de homens e máquinas sediada no distrito de Índios para os trabalhos já em execução, desde o início deste ano, de melhorias e de manutenção geral.

 

Informações Secretaria de Comunicação Prefeitura de Lages