O programa Geração TEC, projeto do Governo do Estado que oferece gratuitamente capacitações na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), formou mais uma turma em Lages, na última sexta-feira (06/11). O Núcleo de Tecnologia e Inovação da Associação Empresarial de Lages (Acil) é parceiro do programa, que já formou mais de 460 profissionais somente em Lages.

Ao todo, receberam certificados 16 formandos do curso de Java, 22 de Suporte/Help Desk e 29 alunos de Marketing Digital. As instituições de ensino que executaram os cursos foram o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e a Fundação Carlos Joffre do Amaral.

A publicitária Paula Abreu foi uma das concluintes deste curso. Em busca de aperfeiçoamento profissional, ela foi aluna de Marketing Digital. “Estou me aperfeiçoando nesta área e tenho buscado conhecimento em várias fontes. O curso foi excelente e os professores são ótimos”, avalia.

Parceiro do projeto há dois anos, o Núcleo de Tecnologia e Inovação da Associação Empresarial de Lages (Acil) tem como funções mapear as empresas e identificar áreas com carência de mão de obra; realizar entrevistas para identificar o perfil dos candidatos aos cursos, contribuindo para a diminuição da evasão; e oferecer acompanhamento por meio de palestras sobre empregabilidade na área, promovidas por empresários pertencentes ao núcleo.

“Hoje o Geração TEC realiza uma prova com o candidato a uma vaga no curso, para verificar seu raciocínio lógico. Nós desenvolvemos uma entrevista para verificar se o candidato realmente tem afinidade e condições de atuar nesta área”, explica a coordenadora do Núcleo de TI da Acil, Nelissa Gevaerd Colossi Branco.

A parceria da Acil visa evitar a evasão dos cursos, pois por meio das entrevistas são identificados os candidatos que têm mais afinidade com área. “Antes de estarmos junto no processo, havia muita evasão. Era comum as turmas começarem com 40 alunos e terminarem com cinco, em média”, conta Nelissa.

Objetivo é formar nova mão de obra para o mercado

Desde 2011 o Geração TEC já certificou 461 participantes em Lages. Destes, 296 foram capacitados em formação profissional para o setor de TIC, e 165 em gestão empresarial. Em todo o estado, o programa já teve mais de 23 mil, e formou até agora mais de cinco mil profissionais.

“A gênese do programa é ouvir os empresários, fazendo um mapeamento junto às empresas da área de tecnologia sobre a demanda que necessitam na área de TI. Com base nessa demanda, a gente prepara os cursos e oferece a capacitação”, explica o diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável.

Os cursos são voltados para pessoas a partir de 17 anos. O único pré-requisito é que os candidatos não estejam trabalhando especificamente na área de cada curso, pois o objetivo é formar nova mão de obra.

“Temos este pré-requisito principalmente porque buscamos criar uma mão de obra que ainda não exista. Então, se a empresa tiver uma demanda por determinado profissional, não adiantaria capacitarmos alguém que já está na área, pois apenas estaríamos mudando esta pessoa dentro do mesmo mercado. A ideia é capacitar gente que ainda não trabalha na área”, completa.

 

Informações Puel Assessoria de Imprensa