Um deslocamento de placa, com árvore, galhos, pedras e terra surpreendeu motoristas que trafegavam pela rodovia BR-282, entre o Parque da Saudade e o cruzamento com a BR-116, na tarde desta quarta-feira (2). Não houve vítimas ou danos materiais. Agentes de diferentes autarquias se mobilizaram no atendimento. O vice-secretário da Defesa Civil e secretário de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Mushue Hampel, vistoriou o local.

O deslocamento de massa ocorreu devido à existência de uma árvore de pinheiro americano de grande porte, com 18 metros de altura e quase um metro de circunferência, que se deslocou por não suportar o peso por conta da dilatação e retração ocasionadas pelas intempéries. O solo está encharcado. “A base de rocha e terra sobre a qual estava a árvore era pequena, insuficiente para comportá-la. As intensas chuvas e a vibração do solo por causa dos caminhões contribuíram para a queda”, pontua Hampel. A árvore caiu sobre a estrada.

Fotos: Vantuir Reche

Equipes da Defesa Civil e do Meio Ambiente, com máquinas e motosserras, fizeram o corte da vegetação, com liberação de uma pista. Máquina retroescavadeira e caminhão da prefeitura foram direcionados para colaborar com as atividades. Uma vala foi aberta para que a enxurrada transcorra dentro da canaleta sem invadir a via.

Uma das três faixas permanecerá interditada, sendo a terceira, no lado direito, sentido subida, como precaução, pois ainda há riscos de novos deslizamentos. Foram colocados cavaletes como forma de sinalização e alerta aos motoristas. “Pedimos cautela a quem passar por esse trecho da estrada”, reforça Hampel. A empresa que presta serviços na BR, a Sulcatarinense, realizará a retirada dos resíduos. A madeira deverá ser aproveitada pelo Horto Municipal.

 

 

Informações Secretaria de Comunicação Prefeitura de Lages