O Centro de Inovação e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc) e a Telebras firmaram, nesta terça-feira, 26, acordo de cooperação técnica para o projeto da Rede Metropolitana de Lages. A medida, assinada pelo governador Raimundo Colombo, presidente do Ciasc, Roberto Amaral e da Telebras, Jorge Bittar, vai permitir o lançamento de cabos de fibra óptica para universalização do acesso à internet em banda larga.


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

>>> Mais imagens na galeria

A parceria vai viabilizar a instalação de 106 quilômetros de fibra óptica inicialmente em Lages, que vai garantir a conexão em todos os órgãos públicos, municipais, estaduais e federais. Também vai criar condições para que por meio dos provedores de internet local seja oferecidos serviços de internet de qualidade à população.

“Ganhamos em competitividade, eficiência, agilidade. Reduzimos o custo operacional e principalmente damos acesso à internet a toda população com um custo reduzido. Vamos melhorar a oferta do acesso à nova economia por esse sistema. São dois órgãos públicos que ao invés de fazer paralelos, cada um para si, se juntam e somam as forças para prestar um melhor serviço para a comunidade”, disse o governador Colombo.

O presidente do Ciasc explicou que a parceria permite ainda que o plano nacional de banda larga e o plano do Estado de prover conexão em todas as escolas e tods os órgãos de Governo sejam ampliados, com banda larga de alta qualidade. “Hoje a internet é indispensável para a gestão, educação e com isso vamos oferecer alternativas. Além de Lages, vamos fazer novas redes com o mesmo conceito nos outros municípios catarinenses. Vamos atender as cidades gradativamente, apoiando o desenvolvimento e a economia dos locais”, explicou.

“Vamos unir nossa capacidade técnica com o Ciasc. Unir nossas forças para que possamos construir redes que ganhem capilaridade em todas as cidades. A internet é a grande infraestrutura do século 21, é por meio dela que podemos conectar as pessoas, permitir o acesso à informação, à educação e à cultura”, destacou o presidente da Telebras, Jorge Bittar.

Saiba mais

Ciasc

Armazenamento e proteção de informações em bancos de dados, expansão da rede de internet dos órgãos públicos, manutenção e aprimoramento dos sistemas de atendimento aos cidadãos catarinenses e investimento em pesquisas para inovação tecnológica. Estas são algumas das atividades do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc), estatal que completou 40 anos em 2015.

Com uma equipe de cerca de 330 profissionais, o Ciasc atua principalmente como prestador de serviços de tecnologia da informação e comunicação e como provedor oficial de internet para o Governo do Estado.

Telebras

A Telecomunicações Brasileiras S. A é uma sociedade anônima aberta, de economia mista, constituída em 9 de novembro de 1972, nos termos da autorização inscrita na Lei n° 5.792, de 11 de julho de 1972, vinculada ao Ministério das Comunicações. Está autorizada a usar e manter a infraestrutura e as redes de suporte de serviços de telecomunicações da administração pública federal, em conformidade as orientações do Comitê Gestor do Programa de Inclusão Digital.

De acordo com o Decreto N° 7.175/2010 que instituiu o Programa Nacional de Banda Larga (PNBL), cabe à Telebras implementar a rede privativa de comunicação da administração pública federal, apoiar e suportar políticas públicas em banda larga, além de prover infraestrutura e redes de suporte a serviços de telecomunicações prestados por empresas privadas, estados, Distrito Federal, municípios e entidades sem fins lucrativos.

Elisabety Borghelotti  - Assessoria de Imprensa do Gov. de SC