A cidade de Lages está prestes a receber o primeiro Centro de Inovação construído pelo Governo do Estado (com participação também da Prefeitura de Lages na compra do terreno). Com investimentos de R$ 6 milhões, as obras estão em andamento e já chegam a 95%. A estrutura funcionará dentro do Orion Parque Tecnológico, ao lado do Instituto Federal (IFSC), no bairro São Francisco.

O prédio é um dos 13 do gênero em Santa Catarina. Além de Lages, são construídos neste momento os Centros de Inovação de Chapecó, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, São Bento do Sul e Tubarão. O prédio de Blumenau já foi licitado, e os de Brusque, Criciúma, Florianópolis, Joinville e Rio do Sul estão em fase de projeto. Os investimentos do Governo de SC variam de R$ 5 milhões a R$ 8 milhões em cada cidade.

Das 13 obras, a de Lages é a mais avançada. Na tarde desta sexta-feira, uma comitiva de empresários e representantes do Governo do Estado estiveram  no local e conferiram  o andamento dos trabalhos.

O grupo, formado por autoridades como o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Lages, João Alberto Duarte; o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Carlos Chiodini; o presidente do Centro de Informática e Automação de SC (Ciasc), Roberto Amaral; a deputada federal Carmen Zanotto e o presidente do Instituto Orion, o empresário Valmir Tortelli, ficou entusiasmado com o atual estágio das obras.

A compra do mobiliário e dos equipamentos já está sendo providenciada pelo Governo do Estado, e nas próximas semanas deve ser lançado o edital para a seleção das empresas que vão ocupar o espaço.

“A obra está em 95% e se encaminha para o fim. Os recursos do Governo do Estado estão garantidos para a conclusão, e assim que entrar em atividade, o Centro de Inovação de Lages abrigará empresas de tecnologia, setor que vem crescendo muito, e dará uma grande contribuição para o desenvolvimento da região serrana”, diz o secretário João Alberto.

Pablo Gomes - Assess. Imprensa ADR Lages