O Dia Nacional da Conservação do Solo, 15, coincidirá com o último dia do 1º Encontro do Sistema Plantio Direto de Hortaliças, que começa dia 13 de abril em Lages. O evento tem apoio do programa Proeventos, da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), órgão do Governo do Estado ligado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável.

“As consequências práticas do encontro são a expansão dessa forma de manejo do solo, com maior produção e resultado econômico aos produtores, além da conservação dos recursos naturais, em especial solo e água. Além disso, se deseja produzir alimentos mais saudáveis para os consumidores, com menor uso de insumos. Assim esperamos refletir sobre o assunto e tomar atitudes para ter uma agricultura mais saudável, produtiva e conservacionista”, disse o Álvaro Luiz Mafra, da Comissão Organizadora do evento regional, a ser sediado pelo Centro de Ciências Agroveterinárias da Universidade do Estado de Santa Catarina.

A difusão do Sistema de Plantio Direto de Hortaliças serve como ferramenta para a transição agroecológica, capaz de melhorar a produção das principais hortaliças cultivadas em Santa Catarina, a partir da racionalização dos fatores de produção. Busca melhoria na renda dos produtores e redução nos impactos ambientais negativos, especialmente quanto à contaminação dos alimentos, dos recursos naturais e pela degradação do solo.

A evolução desse conhecimento técnico e produtivo ocorre de forma pioneira em Santa Catarina e já começa a ser adotado em outras regiões do Brasil.

 

Fapesc - Foto: Divulgação