O Núcleo das Mulheres Empreendedoras da ACIL lançou ontem à noite (02/05), no Centro de Ciências Jurídicas da Uniplac, o livro: “Visão Contemporânea e Sustentável da Serra Catarinense. 

Participaram do ato diversas autoridades empresariais, professores da Uniplac e de outras instituições, empresários (as), imprensa e convidados.

O livro é fruto de três anos de trabalhos do Núcleo da Mulher Empresária, que começou com um diagnóstico e uma ampla pesquisa  quantitativa e qualitativa (“Fatores que contribuem para o desenvolvimento socioeconômico de Lages)”.

Essa pesquisa buscou, em síntese, saber como as lideranças serranas enxergam a sua própria realidade (social e econômica) e o que se pode fazer para que o tão almejado desenvolvimento possa acontecer de uma forma mais dinâmica e sustentável.

O livro, uma coletânea de 10 diferentes artigos, foi organizado pelas Dras. Neide Catarina Turra (Fera Formação em Segurança Privada), Cristina Keiko Yamaguchi (Uniplac/Transul) e Andréia Borges Strasser (Agrícola Strasser). Mas teve ainda a participação de outras 21 professores/pesquisadores e/ou profissionais bem sucedidos em várias diferentes áreas profissionais e do conhecimento que atuam em Lages e na Serra Catarinense.

“O conteúdo da obra busca olhar o desenvolvimento da Serra Catarinense numa visão contemporânea e apresentar perspectivas no entorno socioeconômico na real situação em que a região se apresenta e abrir possibilidades a estudos futuros para pesquisadores, estudantes e empreendedores para que possam efetuar um estudo mais aprofundado do município de Lages. Esperamos que a leitura desta obra contribua para instigar a leitura e o gosto pela pesquisa, no intuito de contribuir desde as micro às macros esferas, que possam (re)significar conceitos e apontar novos caminhos ao desenvolvimento da Serra Catarinense”, de acordo com texto publicado na contra capa da obra .

 

O projeto todo – desde o diagnóstico, a pesquisa, os seminários de devolutiva da pesquisa e agora a organização, impressão e distribuição do livro foram patrocinados pelo Fundo de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de SC (Fapesc), com apoio da ACIL, Núcleo da Mulher Empreendedora e Uniplac.

Temas dos capítulos e seus autores:

1)      Uma análise antropológica da formação social e do desenvolvimento socioeconômico de Lages e da Serra Catarinense (Geraldo Augusto Locks);

2)      Educação e formação profissional: a construção de uma ambiência para o Desenvolvimento da Serra Catarinense (Neide Turra, Maria Ap. Calegari e Rita de Fátima Pinto Cardoso);

3)      Responsabilidade socioambiental nas organizações da Serra Catarinense (Cristina Yamaguchi, Joelma Kremer, Valdir Diehl Ribeiro e Ana Paula S. dos Santos);

4)      Agricultura de precisão e a competitividade no agronegócio (Andréia T. Borges Strasser), Diego Santel Vieira, Luiz Fernando Grechoviaski e Cristina Yamaguchi);

5)      A indústria como indutora do desenvolvimento socioeconômico de Lages (Israel Marcon, Fábio P. Tosatti, Giovani P. Arruda e Neide Turra);

6)      O queijo artesanal serrano como fator de desenvolvimento nos campos de altitude do Sul do Brasil (Cristina Yamaguchi, Andréia Schlickmann), Ulisses de Arruda Córdova e Ana Paula Silva dos Santos);

7)      A importância da democracia representativa e participativa no desenvolvimento de Lages (Luiz José Spuldaro e Marta de Oliveira);

8)      Saúde e ambiente na Serra Catarinense: problematizar é preciso (Lilia Aparecida Kanan e Karolyne Magno dos Santos Silva);

9)      Associativismo e desenvolvimento em Lages (Moisés Savian);

10)   Desenvolvimento  da tecnologia da informação e a inovação na Serra Catarinense (Nelissa Gevaerd C. Branco, Euza Gomes Paes, Juliana Apar.Piccoli Branco e Cristina Yamaguchi);

O livro tem 247 páginas e a distribuição é dirigida a lideranças, entidades, pesquisadores, instituições de ensino e pesquisa, entre outros.

Texto e fotos: Loreno Siega – Revista Visão – Lages