Neve, vinhos finos, gastronomia típica, eventos culturais. A cada ano, o inverno na serra catarinense ganha o noticiário nacional - e até internacional - com atrativos que encantam e trazem turistas de várias regiões do país tropical. Essa crescente notoriedade da região está gerando oportunidades para empreendedores em diversos segmentos - hotelaria, bares e restaurantes, turismo de aventura, entre outros - e é destaque do relatório do Sistema de Inteligência Setorial (SIS) do Sebrae de Santa Catarina.

As estratégias políticas para regionalização do turismo, criação de fundos especiais e projetos de desenvolvimento, fazem com que o setor de turismo em Santa Catarina (que já representa 12,5% do PIB do estado) se torne prioritário. O Governo firmou o compromisso em incrementar os produtos ecoturísticos em até 48% segundo plano de marketing turístico 2020. Entre as possibilidades de negócios que aproveitam os recursos naturais disponíveis na região e a cultura local estão:

 

Turismo de Experiência Rural: Vivenciar a rotina campeira pode ser comum para quem vive na área rural, mas para as pessoas que estão acostumadas a rotina dos grandes centros urbanos, é uma experiência incrível. O turista interage, se envolve com a comunidade local, explora diferentes sentidos e adquire diferentes aprendizados. Alguns destinos mais procurados para este tipo de passeio são: Urubici, Lages, São Joaquim, Bom Jardim da Serra, Urupema e Bom Retiro.

 

Ecoturismo e Esportes de Aventura: Muitas riquezas naturais favorecem este tipo de passeio no Estado, atraindo cada vez mais aventureiros, esportistas e famílias. As práticas mais favoráveis e procuradas que se configuram como oportunidades para o empreendedor investir são: mountain biking, escaladas, trekking, rapel, rafting e arvorismos. Destaque para o cicloturismo, que indicam rotas para os interessados ciclistas, como, por exemplo, o circuito do Vale Europeu, o Caminho dos Cânions (no extremo sul do estado) e a Serra Catarinense, focando em Urubici.

 

Enoturismo/ Rota dos Vinhos: Degustar um bom vinho ou espumante é um passeio já consolidado, agora com a moda das cervejas artesanais, muitos turistas buscam por conhecer diferentes cervejarias e degustar a gastronomia local. Muitas vinícolas fazem parte do roteiro do turismo na Serra Catarinense, e as cervejarias começam a fazer parte deste cenário. Para apreciadores do bom vinho, algumas cidades da Serra Catarinense que de destaque: Campo Belo do Sul, Lages, Urubici e São Joaquim.

 

No site "Meus Roteiros de Viagem", o autor Diego Minotto destacou em um post sua experiência de passeio pela Serra Catarinense. Ele se hospedou em um local rural que aproveitou as riquezas naturais e a experiência culinária típica da região. O autor sugere um passeio de três dias, passando por São Joaquim, Bom Jardim da Serra e Urubici. Com base no relato do turista, a recomendação para empreendedores que querem trabalhar com hospedagem, por exemplo, é investir na opção de reserva e pagamento online, além de oferecer um bom sinal de internet para os visitantes.

 

Assess. de Imprensa do Sebrae SC - Foto: Divulgação