Considerados empreendimentos de baixo custo e uma forte ferramenta de geração de emprego e renda, as startups vêm ganhando espaço em Santa Catarina. O estado tem fornecido condições favoráveis ao desenvolvimento de ideias inovadoras. A recente inauguração do parque Órion, em Lages, na última sexta-feira (24), coloca a Serra Catarinense mais fortemente neste cenário.

 

Responsável pela coordenação do projeto Startup SC, oferecido pelo Sistema Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Alexandre Souza, fala sobre o impacto positivo da criação dos 13 centros de tecnologia. “Com esses polos, e o Sebrae atuando junto fornecendo ferramentas para a aceleração dessas ideias, com certeza teremos vários cases de sucesso no nosso estado”.

 

Em Lages, o objetivo é trazer para o novo espaço tecnológico os eventos já realizados em Joinville, Blumenau, Chapecó e Florianópolis como o Startup Weekend, que trabalha fortemente com universitários. Num final de semana os participantes têm a missão de transformar uma ideia inovadora em uma startup. “Ela pode ser criada em grandes e pequenas cidades. O que vale é o empreendedor e a vontade de tirar a ideia do papel e ter muita execução”, reforça.

 

Novo conceito no mercado da tecnologia

 

As startups ainda são um conceito novo no mercado da tecnologia, mas grandes cases como Conpass, que desenvolve solução para ampliar conversão em sistemas web, a Plot Kids, com o app Mônica Toy TV, que reúne vídeos curtos de animação com os personagens mais queridos do Brasil, a Resultados Digitais que fornece ferramentas para o desenvolvimento do marketing digital, entre outras já foram criadas em diversas cidades do estado. Só pelos programas desenvolvidos pelo Sebrae já passaram mais de 120 startups.

 

Para o coordenador regional do Sebrae, Altenir Agostini, concentrando empreendedores criativos, universidades qualificadas que geram conhecimento, boas escolas, parques tecnológicos, investidores, órgãos de fomento e o poder público tem-se os atores necessários para o desenvolvimento Santa Catarina tem tudo para se transformar num grande polo empreendedor . “É um ecossistema. Com esse novo equipamento, o Sebrae passa também a atuar fortemente na região com ações voltadas à tecnologia, oportunizando empreendedores a conhecer e executar novos negócios”.

Fotos e informações: Catarinas Comunicação