Assim como aconteceu com o Centro de Inovação do Órion Parque Tecnológico Luiz Henrique da Silveira, inaugurado na sexta-feira da semana passada (24/06), a operacionalização dos voos regulares em Lages - com a  primeira linha ligando a Princesa da Serra ao aeroporto internacional de Viracopos (Campinas - SP) TEM MÉRITOS DE MUITA GENTE. 

1) Governo do Estado - que ainda na administração do prefeito Renatinho doou R$ 1,6 milhão para o recapeamento da pista. E que agora está subsidiando a Azul ao não cobrar ICMS sobre o consumo do combustível das aeronaves. 

2) Prefeito Elizeu Mattos e Prefeitura de Lages - Que foram atrás da empresa aérea e que providenciaram uma série de novas melhorias no aeroporto, incluindo a derrubada do famigerado barracão da antiga Frangos Macedo. 

3) Governo Federal - num dos últimos atos da Presidente afastada Dilma Rousseff, que doou para Lages um caminhão de bombeiros especial para combate de incêndios em aeroportos - um equipamento que vale "apenas" R$ 1,6 milhão. 

4) Empresários e lideranças empresariais (de Lages e de outras cidades) - que doaram dinheiro para a pintura final da pista, que cobraram providências muitas e muitas vezes com relação ao que se tinha de fazer - e que agora vão comprar passagens, garantindo que os voos permaneçam. 

5) Empresa Azul Linhas Aéreas, que aceitou implantar a nova linha, o que gerará custos para a empresa e riscos (e possivelmente também lucro). 

Portanto, assim como no Centro de Inovação do Órion Parque Tecnológico, os "louros" pelos voos de Lages a São Paulo devem ser compartilhados. Parabéns a todos por pensarem em Lages mais do que em seus próprios interesses. 

Loreno Siega - Revista Visão