O bairro Vila Comboni talvez seja o menor de Lages em termos de tamanho e de votos. Este provavelmente é  o motivo principal pelo qual a atual administração literalmente "esqueceu" daqueles moradores. Bom lembrar que foi o bairro onde o prefeito Elizeu Mattos teve um dos mais altos índices de votação em 2012 (chegou próximo a 70% dos votos). 

Em quase 4 anos de administração, nenhuma rua pavimentada, nenhuma calçada nova, nenhuma recuperação de pavimento (nem mesmo nas ruas onde passa o ônibus - que têm calçadas de paver bem antigas e que vivem cheias de buracos e problemas). Nem internet grátis, nem plantio de árvores, nem um jardim.... só corte do mato e do capim (quando está exageradamente alto), pintura de meio fios.. - e nada mais. 

Sequer a revitalização da Rua João José Godinho, um pouco acima do bairro, prometida pelo Elizeu aos moradores daquele bairro na Festa de aniversário de 66 anos da  Rádio Clube, na Igreja do Frei Rogério, em setembro de 2013 (foto acima). A promessa era de que toda a extensão daquela rua, desde o Colégio Melvin Jones - até a BR-282 - seria completamente revitalizada, incluindo alargamento da pista  e calçadas novas. Faltam 6 meses para acabar o atual mandato. E.... cadê a obra, prefeito?

Dizem as más línguas que o motivo de tamanho "esquecimento" é  porque aquela região é "curral eleitoral" do vereador Eloi Bassin, que literalmente traiu o prefeito.

Agora, eu pergunto: o que tem a ver o povo daquela região com o vereador Bassin? O prefeito não é de todos os moradores? Que culpa tem aquele povo se o Bassin mora por lá?

Logo mais teremos eleições municipais novamente. E duvido muito que Elizeu, se for candidato,  consiga o mesmo número de votos naquela região. Tomara que não seja o único bairro de Lages que tenha ficado no "esquecimento". 

Loreno Siega - Revista Visão