Os famosos "cabides de emprego", denominação pomposa que era dada pelo Governador Colombo às antigas SDRs quando fazia oposição ao PMDB em Santa Catarina (antes de 2010), foram transformadas há pouco tempo em "ADRs" (Agências de  Desenvolvimento Regional). 

Pois bem, dias atrás o candidato do governador à Prefeitura de Lages, na entrevista que concedeu à Rádio Clube (programa do Adílson Oliveira), criticou muito a administração municipal. E disse que Colombo estaria angustiado. E que não faz mais por Lages por falta de projetos (a administração municipal não estaria fazendo e enviando esses projetos).  

Então, a gente fica numa profunda confusão. Se a ADR fica em Lages.... Se Lages é o maior e mais importante município entre os 12 que a compõem..... se esse candidato mora em Lages e disse que fala com o governador toda semana.... e se estariam faltando projetos de Lages lá no Governo do Estado - por que esse candidato não aciona a competente equipe da ADR para fazer esses projetos que estariam faltando para Lages lá no Governo?????

Será que a ADR não tem equipe técnica para isso? Então, para que serve a ADR? 

Os lageanos gostariam muito de saber. E nós também. 

Loreno Siega - Revista Visão