Algumas pessoas têm me perguntado sobre as eleições municipais em Lages e quem seriam os candidatos favoritos ao pleito. Respondo, com humildade:

- Primeiro. Eu  não sei exatamente quais são os candidatos que efetivamente sairão. E isso só vai acontecer lá pela madrugada do dia 05 para 06/08, portanto, daqui há  exatos 21 dias. 

- Segundo. Eu adoraria que tivéssemos muitos candidatos à prefeitura (claro que isso não vai acontecer). Mas eu gostaria muito. E explico o porquê:

       1) Com vários candidatos, os eleitores teriam mais opções de escolha (ver dentre eles quem estaria melhor preparado e em condições de nos liderar).

       2) Com vários candidatos, os vários partidos sairiam fortalecidos do pleito (afinal, mostrariam a cara, o que pensam e o que desejariam fazer se estivessem no comando da cidade);

       3) Com vários candidatos, as chances de êxito de cada um deles também seriam maiores (já que os votos seriam divididos - e quem vencer precisará de menos votos para chegar lá);

       4) As campanhas com certeza seriam mais baratas (até porque não haveria grande número de  "patrocinadores" para tanta gente no páreo. Sem falar que o tempo no rádio e na TV  para cada um seria menor e valeria mais o "corpo a corpo");

        5)  O prefeito (ou prefeita) que saisse vitorioso teria forçosamente de conversar com quem perdeu para conseguir apoio na Câmara. E isso faria as "brigas" de campanha ficarem para trás e haver mais união pós eleição. 

Penso que todos ganhariam com mais gente no páreo, principalmente os eleitores e a cidade. E você, amigo internauta, o que acha sobre isso? Faça aqui abaixo o seu comentário e nos envie. Abraços. 

Loreno Siega - Revista Visão