A falha na luz de freio pode não ser detectada facilmente pelo condutor, levando ao aumento do risco para acidentes em estradas ou mesmo em perímetro urbano. Os estudantes Mateus Cristaldi Cartacho e Pedro Henrique Limite, afiliados à Associação Nacional dos Inventores (ANI), criaram o "sensor de alerta para veículos automotores", que atua diretamente na pronta identificação do problema.

Os estudantes explicam que a ideia surgiu da observação dos problemas que surgem na condução do veículo, principalmente à noite, diante da falha ou falta da luz de freio.

O “sensor de alerta para veículos automotores” funciona por meio de comparadores de tensão e sinaliza no painel sempre que uma das lanternas estiver queimada. O sistema pode ser instalado em qualquer modelo de automóvel. “O nosso invento reduz o risco de acontecer acidente e eleva o nível de segurança do veículo”, analisa Mateus.

Mateus e Pedro Henrique têm como público-alvo concessionárias e montadoras que poderiam oferecer o produto já instalado em toda sua frota ou como adicional aos consumidores.

O “sensor de alerta para veículos automotores” já está registrado junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) e, no momento, Mateus e Pedro Henrique procuram por investidores para viabilizar a produção e venda do produto, seja por meio da venda da patente ou do seu licenciamento.

Associação Nacional dos Inventores - Foto: Divulgação