Começou na última quinta e vai até sexta-feira (21/07), no Orion Parque, em Lages, a 127ª AGO Regional Planalto Serrano, o encontro reuniu jovens empreendedores de todo o Estado de Santa Catarina para escutar palestra dos lageanos: Valmir Tortelli, da empresa NDDigital; do músico Mário Maçal da Camerata Florianópolis e do Coordenador do curso de sistemas da UNIPLAC, Claiton Camargo.

Tortelli destacou a experiência dentro da empresa NDDigital, que há 13 anos foi criada em Lages e, hoje, atua inclusive fora do país. Contador e Economista, ele começou o negócio depois de perceber que as empresas precisavam de melhorias nos processos. A partir de ideias e com profissionais da área de informática, passou a desenvolver sistemas que, hoje, atendem diferentes setores como bancos, marcas como a FIAT, os supermercados Carrefour, o grupo Pão de Açúcar, entre outros.

“Temos hoje 365 pessoas em Lages desenvolvendo sistemas para essas empresas, também temos uma unidade na Espanha e abrimos, este ano, uma unidade nos EUA só vendendo software. As oportunidades existem, a gente só tem que tentar enxergá-las e não enxergar somente o que a gente quer”, destacou Tortelli.

O músico Mário Marçal apresentou um pouco da sua história com a música e buscou estimular os jovens por meio de uma analogia com a frequência dos sons emitidos pelo violino. “Quando você quer alguma coisa, antes de você querer isso pra si você precisa entrar naquela frequência”, comparou.

Para ele, todos nós vibramos em frequências diferentes e quando desejamos mudar ou alcançar algo devemos também alterar a sintonia em que estamos. Lageano, Marçal estudou música em Porto Alegre, onde fez bacharelado, cursou mestrado nos EUA e, hoje, além de músico da Camerata Florianópolis, atua, também, como terapeuta.

A noite contou, ainda, com a palestra do Coordenador do curso de sistemas de UNIPLAC, Claiton Camargo, que apresentou o projeto REUNI, o qual tem como objetivo resgatar e promover o Empreendedorismo Universitário, de forma abrangente, utilizando o ambiente acadêmico como ponte e estrutura para o desenvolvimento e fomento de potenciais ideias.

“É um projeto que visa a criação de novos negócios, onde as pessoas podem depositar suas ideias dentro de um repositório, porém o diferencial é quem visualiza essas ideias, que são investidores, são pessoas que vão fomentar esses negócios”, explicou ele. De forma prática, qualquer pessoa pode entrar no portal do REUNI (www.projetoreuni.com.br), cadastrar uma ideia inovadora por meio de uma descrição simples. Se um investidor gostar e quiser apostar, a organização chama a pessoa para transformar em negócio. Tudo isso tendo a universidade como parte do processo.

Na sexta-feira (22/07), o evento continua com visitas técnicas em algumas empresas da cidade e na parte da tarde com a Assembleia Geral Ordinária no Orion Parque.  O evento é uma organização da ACIL Jovem juntamente com o Conselho Estadual do Jovem Empreendedor de SC (CEJESC).

 

Puel Assessoria - Fotos: Fom Conradi