“Eu dizia para ele: na frente da casa deve-se plantar flores, mas ele quis fazer a horta, cuidou e trocou a terra, agora estou gostando.” É o que destaca Marlene Oliveira Machado, 73 anos, esposa do aposentado Alaor Daniel Machado, 75, que substituiu uma parte do jardim pelo plantio de alface, cebolinha e salsinha no quintal da casa onde moram, no bairro Santa Maria. Ele já está colhendo alface e temperos desde o mês de março. Alaor também tem um pé de laranjeira, alguns tipos de chás e uma árvore de louro, cujas folhas são utilizadas para chás e tempero.

“Só passa fome quem quiser, viu?”, afirma Alaor, olhando com carinho para o espaço de 2,30 metros por 1,90 metro, coberto com tela e repleto de pés de alface bastante viçosos. No outro canteiro, de 1,20 por 90 centímetros, ele plantou 26 mudas de alface americana. Nascido na comunidade de Pessegueiros, Alaor se criou com as lidas do campo e agora, com o cultivo de sua horta, vivencia experiências de menino.O casal, que completa 55 anos de união no próximo mês, tem três filhos e cinco netos.

Secretaria distribui mudas e hortaliças

A Secretaria de Agricultura e Pesca distribui mudas e hortaliças às pessoas que tenham interesse em cultivar uma horta em seus quintais. Os interessados em buscar mudas e hortaliças cultivadas no horto municipal podem se cadastrar na secretaria, pessoalmente, ou telefonar para o número 3222-0822.

Assess. de Imprensa da PML - Fotos: Toninho Vieira/ PML