A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) lança em Lages no dia 15 de setembro a Agenda de Desenvolvimento da Indústria Regional, que terá também encontros em Chapecó, Criciúma, Joinville e Florianópolis. A iniciativa tem o objetivo de construir uma agenda única com os principais pleitos e demandas da indústria, priorizados em cada uma das seis mesorregiões catarinenses. O evento em Lages será realizado às 19 horas, no Orion Parque (Rua Heitor Villa Lobos, 525, bairro São Francisco). As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo telefone 0800 48 1212.

O presidente da FIESC, Glauco José Côrte, lembra que Santa Catarina tem o parque industrial mais diversificado do País e, mesmo em períodos difíceis, tem se mantido forte e atuante. Em 2016 o Estado é o segundo em geração de empregos industriais no Brasil e apresenta a menor taxa de desemprego. “Os resultados obtidos derivam da força da indústria em todas as regiões do Estado”, diz Côrte. “O comportamento observado em Santa Catarina em períodos desafiadores, como o atual, comprova que podemos ir mais longe e evoluir ainda mais. É necessário agir, sob óticas distintas, pois as potencialidades e necessidades regionais são específicas, mas com uma mesma visão de futuro”, acrescenta. “O desenvolvimento de Santa Catarina como um todo passa pelo fortalecimento das regiões”, completa.

Com a agenda regional, a FIESC inicia a fase do Masterplan, previsto no Programa de Desenvolvimento Industrial Catarinense (PDIC 2022). Por meio do PDIC, 1,7 mil lideranças industriais, especialistas, governo e terceiro setor identificaram os 16 setores industriais com maior potencial de longo prazo e elaboraram rotas estratégicas para desenvolvimento setorial. “O desenvolvimento de Santa Catarina será construído por meio do fortalecimento industrial regional e este depende do engajamento dos agentes locais em uma agenda convergente”, resume Côrte, sobre o objetivo do projeto.

Assessoria de Imprensa da FIESC