Uma das principais ações de infraestrutura do Governo do Estado na Serra Catarinense se encaminha para a fase final. Com investimentos de R$ 17 milhões, a revitalização da rodovia SC-114, entre Lages e Painel, foi iniciada há apenas oito meses e já chega a 65% do total. Os trabalhos estão dentro do cronograma e devem ganhar ainda mais agilidade com o início do horário de verão, quando os dias serão mais longos e proveitosos.

Considerada ecologicamente correta por fazer a reciclagem do asfalto antigo e utilizar restos de borracha no pavimento novo, a obra está dividida em três etapas. O engenheiro Márcio Denes, da construtora Décio Pacheco, prevê que as duas primeiras etapas, que consistem na reciclagem do asfalto e na colocação da massa fina (primeira camada), sejam concluídas ainda este ano. Dos 24 quilômetros do trecho, 16 já receberam estes serviços, e os oito restantes estão em andamento.

A terceira etapa é a borracha (capa final da nova rodovia), que foi colocada até agora em quatro quilômetros. Porém, tão logo a reciclagem e a massa fina sejam concluídas, estes trabalhos também ganharão velocidade ao longo de toda a rodovia.

Alguns trechos executados já receberam pintura provisória, mas a sinalização definitiva será colocada somente no fim da obra. Também já estão em execução os trevos em estilo alemão que serão construídos na interseção com a Avenida Vítor Alves de Brito (acesso à Ambev) e na localidade de Pedras Brancas.

“Estamos muito satisfeitos com o andamento desta importante obra que vai beneficiar não apenas os moradores da região de Painel, Urupema e São Joaquim, mas também os turistas e os produtores, especialmente os de maçã, que utilizam muito essa rodovia durante a safra”, diz o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Lages, João Alberto Duarte, que nesta semana esteve no trecho para conferir pessoalmente os trabalhos.

Referência para o turismo e escoamento de produção, SC-114 recebe investimentos de R$ 175 milhões em toda a sua extensão

A revitalização do trecho entre Lages e Painel soma-se a outras grandes obras do Governo de Santa Catarina na própria rodovia SC-114, todas em andamento e com o pagamento em dia, como a reconstrução de 55 quilômetros entre Painel e São Joaquim, com investimentos de R$ 55,7 milhões; a restauração de 51 quilômetros entre São Joaquim e o alto da Serra do Rio do Rastro, em Bom Jardim da Serra, com R$ 25,5 milhões; e a reconstrução em concreto de 36 quilômetros entre Otacílio Costa e a BR-282, em Lages, com investimentos de R$ 78 milhões.

Assim, ao todo, uma das principais rodovias turísticas e de escoamento de produção em Santa Catarina receberá investimentos de R$ 175 milhões ao longo de 166 quilômetros. Além da SC-114, outras rodovias estaduais da região recebem grandes obras neste momento, com destaque para a revitalização de 32 quilômetros da SC-390 entre Campo Belo do Sul e a BR-116, com investimentos de R$ 32 milhões; e a pavimentação de 40 quilômetros da SC-120 entre São José do Cerrito e Curitibanos, com recursos de R$ 80 milhões.

Maior investimento em infraestrutura na história de Santa Catarina

Todas as obras integram o Pacto por Santa Catarina, pacote de ações criado em julho de 2012 pelo governador Raimundo Colombo e que é o maior programa de investimentos em infraestrutura na história do Estado.

Ao todo, neste momento, existem em torno de 170 obras rodoviárias que somam mais de dois mil quilômetros em todas as regiões, o equivalente a 30% de toda a malha viária catarinense, com investimentos de R$ 4 bilhões. Só na região serrana são cerca de 400 quilômetros e recursos de aproximadamente R$ 450 milhões.

Pablo Gomes - Assess. de Imprensa da ADR Lages