No dia 11 de abril de 2015, integrantes da Associação Catarinense de Truticultores (Acatruta) debateram sobre o futuro da Base Avançada de Pesquisa, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), instalada em Painel, há poucos quilômetros de Lages. Na ocasião, a conversa tratou da possibilidade da transferência do controle da Base para o Estado, para então reformá-la, e transformá-la num centro tecnológico na produção de alevinos de truta e de outras espécies, com o objetivo de atender a demanda dos três estados do sul. Porém, até agora, passados mais de dois anos, os truticultores ainda aguardam uma resposta sobre o projeto, de parte do Governo do Estado, pois, conforme adiantam, o Ibama já autorizou a transferência.

Um projeto já foi repassado às mãos das repartições do Governo do Estado, que se acredita, estão tratando do assunto. Porém, o que se quer é uma posição urgente do Estado, para que haja a deliberação do projeto e que se concretizem as tramitações de transferência do espaço, colocando a Epagri como futura gestora.

A Estação, embora ainda habitada por dois funcionários do Ibama, não tem autorização para continuar na atividade da criação de alevinos, e pode ser fechada em definitivo a qualquer momento. “Temos pressa. Pois, o lugar está ocioso e, se passar às mãos da Epagri, rapidamente poderemos transformar o lugar num Centro de Pesquisa, voltado para o estudo e a orientação sobre a truta, com benefícios aos três estados do Sul, afirmou Nelson Beretta, ex-gerente da Epagri, em Lages.

 

A base

O local serviu por muitos anos como uma fonte de criação e distribuição de alevinos para toda a Região, fomentando a cadeia produtiva de truta. Segundo os truticultores, não há nenhum posicionamento do Estado sobre o resgate do espaço junto ao Ibama.  Afinal, a velha estação está completamente inativa e sem atividade específica há mais de 12 anos. “O que queremos é torna-la novamente produtiva e autossuficiente”, disse o presidente da Acatruta, o empresário Vilso Isidoro.

Assess. de Imprensa da Acatruta - Foto: Paulo Chagas