Não adianta, o lugar do frio é na Serra Catarinense. Foram apenas alguns dias de forte calor, mas não demorou muito para uma massa polar chegar a Santa Catarina e congelar os ânimos de quem estava contente com o início do clima quente.

Contudo, é um tempo atípico para esta época e a última vez que ocorreu algo semelhante foi em 1999, de acordo com o meteorologista Ronaldo Coutinho. Segundo informações da estação meteorológica Climaterra, a massa de ar polar chega esta quinta (27), em todo Estado.

Em alguns pontos da região serrana pode ocorrer chuva fraca ou garoa, mas apenas em alguns pontos isolados e ocasionalmente, com perspectiva de melhora já no fim do dia. As temperaturas começam a cair à medida que anoitece. Mínimas entre 5° e 11°C na maior parte de SC, mas na Serra pode ser entre 2° e 5°C, nos pontos mais altos (mais de 1.300 metros de altitude). As máximas devem ficar entre 11° e 14°C no topo da região

Temperatura de alguns municípios para esta quinta:

São Joaquim  - 2/4°C a 12/14°C.

Urupema - 2/4°C a 12/14°C.

Bom Jardim - 2/4°C a 12/14°C.

Lages - 5/7°C a 14/16°C.

Campo Novos - 5/7°C a 15/17°C.

 

Frio intenso entre sexta e domingo

A partir desta sexta-feira (28) a massa polar que cobre SC se intensifica, trazendo chances de queda de flocos de neve – ou chuva congelada – nas áreas de maior altitude da Serra (entre 1.400 e 1.500m). Nestas mesmas áreas deve haver formação de sincelo. O Climaterra avisa que “subir a Serra só por causa desta chance não vale a pena,  mas para curtir o frio e ver a geada no fim de semana aí vale a pena”.

As temperaturas estarão extremamente baixas já ao amanhecer (o que é incomum para época do ano), mas fica mais amena durante a tarde. No topo da Serra que deverá estar bem frio, com chances de temperaturas entre 2º C abaixo de zero e 1°C, no amanhecer ou fim da noite. As máximas devem se assemelhar as temperaturas de quinta.

No fim de semana, devido à intensa massa polar, a geada ressurge na região serrana, com alguns pontos registrando temperaturas ainda mais negativas como -4°C. De acordo com o Climaterra, pode se ter marcas históricas para época em termo de mínima. “Exemplo, na estação do Inmet de Florianópolis poderá registrar a menor temperatura em 105 anos para o fim de outubro caso fique de 9,0°C ou menos.”

Só domingo que a intensa massa polar começa a sair de SC, voltando a elevar – ainda que pouco – os termômetros no Estado.

Vinicius Prado - Revista Visão - Foto: Agência São Joaquim Online