No período correspondente a janeiro deste ano até o dia 28 de novembro foram abertas/formalizadas 920 pessoas jurídicas em Lages através do Programa Empreender Lages, vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda. Na maioria dos segmentos está o comércio de vestuário, obras de alvenaria, pintor e cabeleireiro.

O Programa, criado por uma iniciativa própria do município, cresceu nos últimos anos com grande valia. Em seu início, em 2011, até 2012, eram 1.338 Cadastros Nacionais de Pessoas Jurídicas (CNPJs) abertos oficialmente. Atualmente, em 2016, este número chegou a 4.655. Todas estas empresas são orientadas pelo Empreender, com suporte gratuito.

Entre as vantagens oferecidas aos empreendedores estão a oportunidade de participação em cursos para gestão - parceria/convênio com a Associação de Micro e Pequenas Empresas (Ampe), programa focado na atual gestão, e Programa Juro Zero, como facilidade de acesso ao crédito/financiamento. Todos usufruem dos benefícios oportunizados pelo Município, gratuitamente: Alvarás e taxas, Declarações de Imposto de Renda (I.R.), assistência contábil e emissão de guias de recolhimento mensal ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) para o ano corrente.

Lages está entre os municípios mais beneficiados de Santa Catarina. Segundo a gerente do Empreender, Sandra Mara Abreu Griebler, “para a economia de Lages é altamente positivo porque a cada pessoa que sai da informalidade significa um indivíduo que passou a ser dono do próprio negócio. Desta forma, formatando grande oportunidade de crescimento, gerando novos negócios e abrindo o mercado de trabalho.”

Assess. de Imprensa da PML - Foto: Arquivo PML