Os roteiros turísticos Caminho das Tropas, Rota Cênica de Bom Jardim da Serra e Serra Catarinense Inesquecível foram selecionados entre 39 propostas avaliadas pela Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte – SOL, para o Mapeamento dos Roteiros Turísticos Catarinenses.

Na primeira fase do estudo foram obtidos 150 cadastros, dos quais 39 configuram como roteiros e rotas turísticas estruturados e em operação. E a Serra Catarinense passou para a segunda fase da pesquisa, que inclui a aplicação de três formulários distintos para o levantamento de informações mais detalhadas sobre os roteiros, a hierarquização dos seus atrativos turísticos e a gestão e forma de funcionamento.

A assessora de Turismo da Amures Ana Vieira dialogou esta semana, com o empresário de turismo rural Robério Bianchini para detalhar as informações do novo formulário com base no roteiro Caminho das Tropas. “É um roteiro muito abrangente cuja história inicia com os desbravadores e colonizadores desta região. Por isso foi selecionado”, explica a assessora de Turismo da Amures.

O primeiro formulário que trata da apresentação e contextualização do roteiro já foi aplicado. Segundo Robério Bianchini, agora tem de ser aplicado o formulário referente à avaliação e hierarquização dos atrativos turísticos que compõem o roteiro. “No caso do Caminhos da Tropas, são corredores de taipas com mais de 20 quilômetros de extensão, fazendas centenárias e lugares como Passo de Santa Vitória que preservam a história dos pioneiros desta região”, cita Robério Bianchini.

Para trabalhar esta nova etapa do mapeamento conforme sugerido pelo Conselho Estadual de Turismo, foi solicitado o apoio das instâncias de governança e a Amures passa a prestar todo apoio aos roteiros selecionados pela Secretária de Estado de Turismo. O Conselho de Turismo da Serra Catarinense – Conserra está engajado neste desafio com objetivo de capitar recursos, organizar e fortalecer o setor.

Assess. de Imprensa da Amures - Foto: Oneris Lopes