No dia 24 de agosto do ano passado o presidente da Celesc, Cleverson Siewert, esteve na CDL falando dos investimentos da empresa na Serra Catarinense. Naquele encontro, falou-se também do projeto do cabeamento elétrico subterrâneo no centro de Lages. 

Segundo ele (Siewert), no que dependia da Celesc e da empreiteira contratada para a obra, até o mês de setembro tudo estaria pronto. O tempo passou, houve eleições, depois veio o final do ano. E nada dos postes da iluminação pública antigos serem retirados para a colocação da nova iluminação pública. 

A desculpa era de que a Prefeitura não havia feito sua parte. Já a Prefeitura dizia que não podia fazer a colocação dos novos postes metálicos e da nova iluminação sem que o Governo do Estado repassasse os recursos (um convênio especial para isso foi assinado, com a maior parte dos custos bancados pelo Governo do Estado). 

Pois bem, a decoração do Natal Felicidade já foi retirada das ruas e já estamos em 2017. Agora a Prefeitura e o Governo do Estado são do mesmo partido e falam a mesma língua. 

Não seria hora, então, de colocarem de vez a nova iluminação pública com a retirada dos antigos postes das ruas e praças na região central da cidade? E não venham me dizer que isso precisa esperar para a completa revitalização do centro, com novas ruas, calçadas e praças. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. O cabeamento é apenas um dos ítens da revitalização. E não o contrário. 

Se a gente não cobrar e lembrar, o tempo vai passando, passando..... e tudo continuará como antes no reino de abrantes.....

Loreno Siega - Revista Visão