Em toda a região serrana é comum filhos herdarem áreas de terra e darem continuidade ao trabalho dos pais sem se preocupar com a documentação. Nesta quarta-feira, em Otacílio Costa, 700 pequenos agricultores receberam do Governo do Estado títulos que regularizam situações desse tipo.

O deputado Gabriel Ribeiro (PSD), que participou do ato, destacou a importância da terra estar registrada no nome do proprietário: “É uma segurança jurídica para ele, para a família e para os descendentes”, enfatizou.

O governador Raimundo Colombo lembrou de uma história familiar, de dois tios que receberam herança, sendo que um encaminhou a documentação e o outro não, e fez breve relato dos problemas enfrentados pelo tio que não registrou a terra.

Este documento entregue não é definitivo, mas necessário para a regularização fundiária dos imóveis junto aos cartórios. Essa fase do programa atendeu 700 famílias de Otacílio Costa e de Palmeira que enfrentam problemas com partilha, posse ou antigos contratos de compra e venda. Desde 2011, o Programa de Regularização Fundiária beneficiou mais de 4 mil agricultores, sendo 1.378 de Lages.

Tarcisio Poglia - Assess. de Imprensa deputado Gabriel Ribeiro