A Cervejaria Santa Catarina (AMBEV) representa 36% do movimento econômico de Lages, e emprega direta e indiretamente quase 600 pessoas. Esse foi um dos motivos que levou o prefeito Antonio Ceron, na companhia do secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Mário Hoeller de Souza, a visitar a empresa, na tarde desta quarta-feira (22/02). Além disso, em conversa com o gerente geral Marcelo Amaral, Ceron reforçou o interesse de estreitar o relacionamento entre a empresa e a prefeitura, de maneira que possam trabalhar em conjunto, através de contato direto com o Gabinete ou com as assessorias, na busca de objetivos comuns.

 

O encontro foi informal, mas ao mesmo tempo significativo, a partir de trocas de ideias que poderão ser frutíferas para ambas as partes, aprofundando o envolvimento na área social, cultural, entre outros incentivos através da Lei Rouanet. A participação da AMBEV na Festa Nacional do Pinhão também entrou nas conversações, e é uma questão que deverá evoluir. O prefeito reiterou que é preciso valorizar aquilo que é produzido na cidade, no caso, as inúmeras marcas de cervejas. Por outro lado, o gerente Marcelo Amaral demonstrou interesse, e afirmou que deverá entrar em contato com a Área de Relação Corporativa da empresa, e deixou aberta a possibilidade de avançar no campo do incentivo, e operar parcerias com a Prefeitura.

 

A visita não ficou apenas nas conversações. Vídeos e explanações ampliaram o campo do conhecimento, a respeito da AMBEV, com direito a degustação e ampla explicação sobre variadas marcas produzidas pela empresa. Foi neste momento, que o prefeito provou pela primeira vez a Brahma Zero, produzida unicamente na empresa de Lages, no Sul do País. A cerveja líder de produção é a Skol, seguida da Brahma, e em terceiro a Antarctica. Também são fabricadas na unidade de Lages, marcas como a Polar, a Bohemia, Stella Artois, Budweiser, entre outras. Isto justifica a capacidade instalada na Unidade de 7,2 milhões de hectolitros. Porém, a capacidade real gira em torno de 3,8 milhões de hectolitros. Por fim o roteiro de visitas culminou com um passeio na linha de produção das latinhas de Skol.

 

Algumas curiosidades sobre a empresa

A empresa inaugurada em 1994 passou por três ampliações, alcançando nacionalmente a categoria média. Por dia, são carregadas em média 140 carretas de 37 produtos diferentes. Para tanto, emprega diretamente 487 pessoas, e mais 93 terceiros. Conforme explica Marcelo Amaral, a empresa forma muitas pessoas que seguem o plano de carreira. Entre as curiosidades, está a produção de energia calorífica com uso de biomassa. O diesel é raramente usado em tempos atuais. O conjunto de ações também coloca a AMBEV de Lages entre as cinco melhores do Brasil, no quesito operacional.

Fotos: Greik Pacheco - Ascom/PML