O Parque Conta Dinheiro, em Lages, abre no próximo sábado, 1/04, o ciclo de negócios na temporada 2017. A Feira de Gado Geral não será grande. Estão inscritos pouco mais de 200 animais. No entanto, servirá como balizamento para entender o comportamento do mercado atual. Conforme analisa o presidente da Associação Rural, Márcio Pamplona, o evento é uma excelente oportunidade para bons negócios, especialmente para confinadores que poderão aproveitar a baixa dos preços dos insumos, ainda mais que o mercado bovino da região não foi atingido pela operação “Carne Fraca”. “Por isso, acredito a feira tem tudo para andar bem, e a procura será maior que a oferta”, salientou.

No entendimento do dirigente sindical, ainda ao se referir à operação “Carne Fraca”, os efeitos das ações foram maléficos e negativos, especialmente para o setor de exportação. Porém, prejudicaram diretamente os produtores com a paralização de abates, e também funcionários que acabaram sendo demitidos. A ação acabou criminalizando todo o setor de carnes. Por outro lado, na Serra Catarinense, o mercado bovino não foi atingido fortemente, embora tenha levado o consumidor a restringir as carnes embaladas vindas de fora. A compra passou a ser direta no balcão, com a carne cortada na hora, e com a garantia de qualidade. “Ao avaliar por este ângulo, percebe-se que o produto serrano tem credibilidade”, reforça.

Segundo reforça Pamplona, é importante ressaltar que as exportações no Estado estão voltando a ser retomadas, com a valorização maior da produção catarinense. O importador segue confiando, em função do alto controle sanitário, a partir do forte  trabalho dos órgãos de fiscalização.

Mais informações: 49 3225 3802 – Associação Rural