Com seis equipes de trabalho a Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos mantém os serviços permanentes de limpeza de ruas, avenidas, praças e logradouros, em todas as regiões da cidade. De acordo com o secretário Euclides Mecabô (Tchá-Tchá), de janeiro até o momento, foram priorizados os trabalhos de roçadas e limpeza dos principais acessos à cidade: Acesso Sul (avenida Santa Catarina); acesso Norte (avenida Juscelino Kubitschek), Acesso a Leste (avenida Victor Alves de Brito) e Acessos a Oeste (avenidas João Pedro Arruda e Papa João XXIII. São realizados serviços de roçada, capina, retirada de lixo e entulhos, varrição, pintura de meios-fios e postes, bem como a manutenção de praças e parques (76 ao todo).

Para a segunda quinzena deste mês de maio, já estão programados trabalhos de limpeza nas vias públicas no entorno e no interior do Parque de Exposições Conta Dinheiro, em virtude da realização da 29ª Festa Nacional do Pinhão (de 9 a 18 de junho). Ele também destaca os trabalhos já realizados no entorno do Morro Grande, em preparação as comemorações religiosas da Semana Santa e os de mutirões de limpeza às margens do rio Carahá onde foram recolhidas cinco toneladas de lixo. Além disso, a secretaria realiza a retirada de focos de lixos em pontos específicos no Acesso Norte no km 14 (antiga BR 2), na região do Guará, entre outros locais impróprios.

 

“Nesses primeiros quatro meses de trabalhos, já fizemos atendimentos em todas as regiões da cidade, e ainda há muito para fazer. Para isso estamos licitando o aluguel de duas máquinas de varrição de ruas (bobcats), pois hoje a prefeitura dispõe apenas de uma em operação”, destaca Mecabô.

Para ampliar o quadro de servidores, a secretaria que dispõe de 80 funcionários, estuda alternativas para a contratação de pessoal através de processo seletivo, a terceirização de trabalhos e obras, e também a possibilidade de firmar convênio com o Presídio Municipal, que poderá disponibilizar a mão de obra de apenados (para cada dia trabalhado o preso teria dois dias de redução de pena).

 

Fotos: Marcelo Pakinha - Texto: Ascom/PML