A deputada federal Carmen Zanotto (SC), vice-líder do PPS na Câmara, disse, nesta quinta-feira (18/05), que as denúncias envolvendo o presidente da República, Michel Temer, são gravíssimas. “As denúncias são da maior gravidade. Ele deve renunciar”, afirmou.  

A deputada ressaltou que todos os fatos precisam ser apurados e os envolvidos, resguardado o direito de defesa, “punidos com o rigor da lei”.

Segundo a parlamentar, o Congresso Nacional e os demais poderes da República devem manter o respeito à Constituição Federal. Nas palavras de Carmen, a Carta Maior é balizadora, principalmente em momento de crise, da manutenção do Estado Democrático de Direito e do funcionamento das nossas instituições republicanas.

“Não há outro caminho. O país espera que nós parlamentares saibamos da responsabilidade do momento. Essa decisão deve ser tomada para resguardar o futuro da nossa nação”, acrescentou.

Carmen não descartou, inclusive, a possiblidade de realização de eleições diretas, dando a oportunidade de o povo brasileiro escolher o próximo presidente da República.

A parlamentar catarinense manifestou ainda  preocupação com a manutenção da segurança e com o agravamento da crise econômica no país.  

Carmen Zanotto finalizou reafirmando apoio às investigações da Lava-Jato, ao Ministério Público e à Justiça.  

Assessoria de Imprensa da deputada Carmen Zanotto