A Câmara de Dirigentes Lojistas de Lages (CDL), reuniu seus vice-presidentes e membros da CDL Jovem na terça-feira (23), para a palestra do membro da Academia Brasileira de Marketing e profissional com mais de 40 anos de experiência nas áreas de projetos de produto, marca e embalagem com destaque em atuação no Brasil. O ‎consultor em gestão de marca e inovação, estratégia de negócios, economia e cidades criativas, conferencista, Lincoln Seragini veio a Lages a convite do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) para participar de três eventos, um deles na CDL, onde tratou do tema: Branding no negócio do varejo.

De maneira bastante clara e objetiva o consultor explicou aos participantes a importância do branding, gestão da marca para o desenvolvimento das marcas e dos negócios. O branding, segundo ele, tenta criar significado para o marketing, responsável pelas demandas que facilitam a geração de negócios. “A criação e o fortalecimento de uma marca passa pela etapa racional, onde são apresentadas vantagens e características do negócio, a sensorial que trata da estética, a emocional que é quando passa a ter valor, é colocado no coração, entra na alma e a espiritual, quando passa a ter valor de futuro”.

Um dos pioneiros em branding no Brasil, Seragini destaca a importância da incessante busca pela inovação, pelo diferente, o surpreendente. “Ser um bom vendedor pode até estar no DNA, mas o profissional, o empresário não pode nunca deixar de buscar conhecimento, de ser curioso de querer fazer diferente e inovar sempre”.

A fala do consultor é complementada pelo vice-presidente da CDL em Lages, Marcos Tortelli. Filho de comerciantes, ele destaca que tem o DNA do varejo nas veias. “Somos todos empresários aqui neste evento e, acima de tudo, bons vendedores porque estamos sempre buscando aprender para levar novas experiências para os nossos negócios”.

A reitora do IFSC em Santa Catarina,  Maria Clara Kaschny Schneider frisa que é um desafio uma instituição pública conseguir sensibilizar sobre a importância da obtenção do conhecimento para o desenvolvimento de toda uma região. Ela conta que há carência de conhecimento e é dever e responsabilidade de todos diminuir o déficit de informação das pessoas, principalmente, dos jovens. “Através de eventos como esse, que conta com a experiência de um profissional reconhecido, queremos contribuir com as regiões em que atuamos enquanto instituição de ensino”.

 

Texto e fotos: Catarinas Comunicação