A Rinite Alérgica é um quadro inflamatório da mucosa das vias aéreas superiores agravado pela exposição a poeiras, ácaros, fumaça de cigarro, pólen e mofo. As variações bruscas de temperatura, muito comuns no nosso inverno e primavera, também podem dificultar o controle da doença. 

 

Os sintomas mais comuns de Rinite Alérgica são: obstrução nasal, coriza, espirros, prurido nasal e dificuldade para sentir cheiros. Além da persistência desses sintomas, a rinite alérgica não controlada pode levar a rinossinusites, conjuntivites alérgicas, otites e piora do controle da asma.

 

Confira algumas dicas que preparamos para ajudar a controlar a rinite alérgica:

 

• Evite bichos de pelúcia e objetos que acumulem poeira no quarto de dormir;

 Evite que animais frequentem os quartos e as camas;

 Observe se existe mofo nos ambientes, principalmente atrás dos móveis;

 Evite tapetes, carpetes, cortinas e almofadas que possam acumular poeiras;

 Não se expor à fumaça de cigarro.

 

Enviado por Dr. Cássio Rafael de Melo - Pneumologista da Cliniar Medicina Respiratória