Várias entidades estiveram reunidas na tarde deste domingo (16/07), em São Joaquim, com o propósito de ajudar em caso de  danos no município em função da neve e do frio que virão a partir desta segunda-feira (18/07). 

Uma reunião aconteceu no gabinete do Prefeito Giovani Nunes, a fim de discutir as severas previsões de NEVE e frio intenso que vão atingir o município a partir desta segunda, 17 de julho. 

Várias entidades vão fazer parte da força tarefa, que será coordenada pela defesa civil municipal. Jeep Clube, Bombeiros, Polícia Militar, Rotary, Rotaract, Hospital e Defesa Civil Municipal estão organizados caso aconteça problemas por causa da NEVE e do congelamento. 

O Meteorologista, Ronaldo Coutinho, participou da reunião e foi enfático em afirmar sobre os perigos da NEVE forte e congelamento de canos em residências, explicando que todas as pessoas tem de ficar em estado de atenção com suas residências.  “Atenção aos turistas que vão subir a serra: usem anticongelante no radiador do carro, cuidado com os moradores de rua, risco de hipotermia. Animais também merecem cuidado com o frio intenso” explicou Coutinho. 

O Prefeito Giovani Nunes, explicou que o intuito da reunião é deixar tudo organizado caso aconteça imprevistos na cidade, “Nós temos a preocupação de atender os turistas mas também os joaquinenses, as famílias carentes, que possam ter algum transtorno. Vamos estar preparados e pedimos à comunidade que fiquem preparados caso aconteça uma grande NEVE ou congelamento” salienta Giovani. 

Atenção redobrada 

A geada poderá afetar as culturas tropicais do litoral e baixo vale do Itajaí, especialmente a banana, maracujá, plantas ornamentais tropicais e pastagens nativas.

Retardar o máximo que der o transplante de mudas de fumo nas áreas acima dos 300/500 metros. 

Atenção com as máquinas agrícolas e carros em relação a água, aos turistas que vão subir a serra usem anticongelante no radiador do carro (caso tenha mais de um ano)

Muita atenção com formação de gelo nas rodovias,  seja por geada intensa ou neve nas áreas altas.

Cuidado com os moradores de rua, risco de hipotermia. Animais também merecem cuidado com o frio intenso.

Muita atenção com as telas antigranizo no topo da serra com a chance de neve forte, fiação elétrica e telhados também.

Previsões

De acordo com o último boletim enviado pelo meteorologista Ronaldo Coutinho (Climaterra), a chuva congelada ou neve devem começar entre 11 e 14 horas desta segunda-feira (17/07), com a temperatura neste período estando próximo a zero graus em S. Joaquim. A partir das 14 horas, o frio se intensifica, com a neve caindo em maior intensidade. Podem haver nevascas até o amanhecer da terça-feira. 

Coutinho disse que as previsões mais conservadoras informam que a neve acumulará de 5 a 15 cm (na cidade). E as mais catastróficas falam até 30 centímetros, o que poderá acarretar graves problemas nos telhados das casas, telas antigranizzo em pomares e redes de alta tensão. Há um grande perigo também com o congelamento e acúmulo de neve e geada (nos dias seguintes) nas rodovias. 

A cidade de São Joaquim, na tarde deste domingo, já estava lotada de turistas aguardando a neve. 

Área onde poderá nevar é bastante ampla:

Informações e fotos: Wagner Urbano e Arquivo RV