A Escola de Educação Básica São Judas Tadeu foi homenageada na Câmara de Vereadores de Lages nesta terça-feira (8) pelo aniversário de 60 anos de fundação. A autoria da solenidade foi do vereador Mauricio Batalha Machado (PPS), através da moção legislativa 182/2017. “Educação e Saúde tem de ser prioridade, se não tiver funcionando de acordo, não temos outra solução”, comentou Batalha.

O legislador entregou o diploma de “Homenagem Especial” à diretora da instituição, Inaura Souza Branco. “É um dia de muita felicidade por poder receber esta homenagem em nome da nossa escola. Há 22 anos eu trabalho na Escola de Educação Básica São Judas Tadeu, mas passei boa parte da minha adolescência e juventude estudando nesta escola. (...) Estar hoje à frente da nossa escola realmente é uma grande honra, um privilégio e é com muita satisfação que quero agradecer a todos os nossos alunos, nossos professores, de hoje e de ontem, a todos que nesses 60 anos, de alguma forma, fizeram ou fazem parte da nossa história”, disse a diretora.

Mais sobre a escola São Judas Tadeu

A EEB São Judas Tadeu iniciou suas atividades como instituição de educação escolar em 5 de agosto de 1957, conforme registros do Livro Tombo da Paróquia São Judas Tadeu e Livro de Registros da Escola Paroquial São Judas Tadeu. Em março de 1958, aproximadamente 230 crianças iniciaram as aulas para os quatro primeiros anos da grade. Com o passar do tempo, as condições físicas das salas de aula tornaram-se precárias e fez-se necessária a construção de um novo colégio, em um terreno situado às margens da rua São Joaquim e doado pela Mitra Diocesana. No ano de 1962, as salas de aula foram ocupadas no novo prédio do colégio.

Em 1964, o corpo docente da Escola Paroquial São Judas Tadeu contava com 13 professores, atendendo um público de mais de 400 alunos. No espaço de um ano, o número de alunos matriculados subiu para 470, tendo em vista a notável atuação da Irmã Dionísia Zancanaro entre as associações de pais e mestres. Em 1967, foi aprovada por unanimidade a criação do Ginásio Normal São Judas Tadeu em sessão plenária do Conselho Estadual de Educação. A partir de 1974 foi autorizado o funcionamento das quintas a oitavas séries do primeiro grau e em 1981 o curso de segundo grau com habilitação básica em saúde. Já em 1988, a escola passou a funcionar com curso de segundo grau sem habilitação profissional. Atualmente a escola conta 550 alunos e 52 profissionais, entre professores e técnicos.

Assess. de Imprensa da Câmara de Lages