Com o objetivo de fortalecer o setor hoteleiro da Serra Catarinense, ocorreu na quarta-feira (30), na Câmara de Dirigentes Lojistas de Lages (CDL), o encontro Trocando Ideias com a Hotelaria Serrana. O evento contou com a presença do presidente da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira – ABIH, Osmar Vailatti, e ainda, com uma palestra ministrada pela relações públicas e diretora de Eventos da AIBH, Lara Perdigão.

Para a presidente da CDL, Rosani Pocai, a reunião foi uma oportunidade de aprimorar as tratativas para melhorar o turismo regional. “Lages é polo de nossa região, e nesses últimos dois anos com a realização do Serra Catarina Festival de Inverno iniciamos a mobilização do setor de eventos. Mais recentemente formamos o Núcleo Gastronômico de Lages e agora pretendemos aproveitar todo o potencial da hotelaria também”, contextualiza Rosani.

Ela destacou para os participantes as ações de articulações entre a CDL, entidades e o empresariado em prol do desenvolvimento da região. “O objetivo final da movimentação é o aquecimento da economia local, que por sua vez, gera resultados para o comércio, serviços e demais segmentos junto aos quais a entidade atua”.

Participaram do encontro empresários do setor hoteleiro e de hospedagem, assim como diretores e secretários turismo de Lages, São Joaquim e Urubici, além de assessores de governo, a presidência da Câmara de Vereadores de Lages e representantes de entidades como Associação Empresarial de Lages (ACIL), Sindicado dos Hotéis, Bares e Similares de Lages, Serra Catarinense e Convention Bureau da Serra Catarinense.

O presidente da ABIH, Osmar Vailatti, reforçou a importância deste momento para a região. “Tivemos neste evento um público de muita qualidade, formadores de opinião e que vão impulsionar a organização de todo o segmento da hotelaria, hospedagem e gastronomia”.

Palestra ressalta tópicos de atenção ao setor

A palestra proferida pela relações públicas e diretora de Eventos da ABIH, Lara Perdigão, instigou os participantes a pensar na sua atuação hoteleira e receptiva como referencial para criação de história e como diferencial regional.

Exemplos e referências da hotelaria no estado, que realizam ações sócio ambientais ou que imprimem tendências sociais, foram citadas para mostrar aos empresários o que está pautando o segmento Também, a importância do uso da inovação tecnológica, aliada a capacitação dos envolvidos no receptivo e no processo de encantar o cliente.

Novos encontros e a possível criação de um Núcleo de Hotelaria são planejados

Como sequência desta mobilização do segmento hoteleiro de Lages e região, serão propostos novos encontros durante este semestre.  Ainda, a criação de um Núcleo de Hotelaria, que a exemplo de outras organizações articuladas pela CDL, demandam ações como a aproximação com órgãos essenciais para as atividades dos empreendimentos, capacitações, entre outros.

Fotos: Claine Andrade - Divulgação: Catarinas Comunicação