A união de boas ideias de duas mães, uma jornalista e a outra psicóloga, resultou no Cerejinha Retroca Baby.

Suelen Heidrich e Tatiana Leskow começaram a brincar de vender, de forma consignada, roupas para crianças nas redes sociais. A ideia cresceu, e do atendimento online e em casa,  agora elas vão abrir uma loja. E  assim a brincadeira virou empreendimento.

Com o conceito de brechique, o brechó infantil que Lages está recebendo se propõe a realizar um intenso controle de qualidade e mesmo assim garantir o bom preço, ou como o sugerido por elas: “precinho de mamãe para mamãe". As vantagens avaliadas pelas novas sócias são várias, mas as principais são a economia, a sustentabilidade da retroca, a comodidade de vender roupas sem esforço, além do cliente poder olhar o que vai comprar nos balcões da loja e não apenas por foto. 

A abertura oficial da Cerejinha Retroca Baby acontece nesta sexta-feira (15/09), no horário normal de atendimento, que será das 13h30 às 19h. A loja fica na Avenida Belisário Ramos, 5142. 

Texto e fotos: Divulgação