Cerca de 1,5 mil estudantes da rede municipal e estadual de ensino de Lages passaram  pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), em Lages, durante o Mundo SENAI que ocorreu nos dias 14 e 15 de setembro. Na visita, os jovens conheceram os cursos de formação profissionalizantes e os serviços técnicos e tecnológicos da instituição.

Para receber os visitantes, a instituição de ensino preparou uma programação especial que contou com palestras, exposições de projetos, visitas guiadas nos laboratórios dos cursos de mecatrônica, automação industrial, eletrotécnica, eletromecânica, mecânica e manutenção automotiva.

Neste ano, o SENAI Lages, optou por uma apresentação diferenciada, devido ao tempo disponível das escolas visitantes, conta a responsável de relações com o mercado do SENAI, Kelly Esmaga. “Antes, abríamos todos os nossos laboratórios, mas como  o tempo de visita é curto, resolvemos esse ano focar em apenas alguns”.

Para ela, o Mundo SENAI é uma oportunidade para quem ainda não sabe qual área seguir durante o ensino médio ou até mesmo depois. “A ideia do evento é justamente fornecer orientação profissional para esses estudantes que em breve, serão os mais novos profissionais de diversas áreas”.

Além de proporcionar a visita através dos cursos, o SENAI Lages tem como referência a parte elétrica. “Temos dois campeões estaduais da Olimpíada do Conhecimento em elétrica industrial e elétrica predial. Além disso, temos a parte automotiva, nosso laboratório é o único da região, muito parecido com uma oficina mecânica”, diz Kelly.

Outro diferencial da instituição é o ensino médio. “Focado para a parte técnica, nosso ensino médio fornece a preparação para o vestibular e a partir do segundo ano, no contraturno os alunos podem cursar um técnico, ampliando a área de conhecimento”, explica.

Um dos visitantes, é o aluno do 3º ano da Escola de Educação Básica Rubens de Arruda Ramos, Luan Gomes, de 17 anos. Para ele, o evento proporciona uma maior visão dos cursos ofertados na região. “Hoje tenho interesse em cursar o técnico em mecatrônica. Na escola já construí um robô, e pretendo dar continuidade a isso”.

O professor de física da escola, responsável pela turma, Ailton Leonel Balduino Junior, destaca a importância dos estudantes cursarem um técnico. “Também sou professor universitário e procuro sempre alertar eles para a importância de cursar um técnico antes da universidade. O conhecimento específico adquirido facilitará a vida acadêmica deles”.

 

 

Texto e fotos: Catarinas Comunicação