Manter os estudos em dia, avaliar os conteúdos passados, apresentar ideias inovadoras, ouvir sugestões e pensar soluções criativas para problemas podem ser um desafio para jovens estudantes, ainda na fase de graduação. Nesse contexto, ter a vontade de tirar ideias do papel, encontrar quem acredite na proposta e buscar o incentivo a seguir a diante pode não ser mais um problema. Essa é a proposta do Reuni Experience, iniciativa empreendedora que o Centro de Inovação Luiz Henrique da Silveira sediou no último fim de semana.

Na sua quarta edição, o Reuni Experience 2017 trouxe estudantes de Engenharia Mecânica do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), de Lages. A ideia é que, em menos de 36 horas, os alunos tragam um problema da área de conhecimento deles, validem conceitos e executem soluções possíveis. Por último, apresentam em cinco minutos a um grupo de professores que avaliam o trabalho executado, a oratória e a capacidade de convencimento do grupo.

Professor do IFSC e parceiro do Órion Parque, Thiago Meneghel avalia que esse tipo de evento é fundamental para a dinamização do espírito empreendedor dos jovens estudantes. “Se queremos ter sucesso e desenvolver a nossa região, os alunos precisam não só estar preparados para buscar um emprego, numa empresa, mas também prontos para desenvolver ideias inovadoras e se possível empreender com essas ideias”, frisou.

Durante os três dias, onze equipes e cerca de cinquenta alunos tiveram a mentoria e o auxílio de professores IFSC e equipe Órion para a idealização das propostas. Além disso, provas complementares trouxeram um ar de gincana à atividade.

Para os competidores, a oportunidade foi de ampliar os conhecimentos e pensar o empreendedorismo de forma prática. “Foi uma experiência muito incrível, porque foram poucos dias para a gente ter a ideia e planejá-la. De toda a forma os mentores deram todo o caminho para que a gente pudesse desenvolvê-las. Ajudou também estar com os nossos colegas de sala. Eles trocaram  ideias, melhoraram a nossa ideia principal, então acho que foi bem agregador para sair do chão”, ressaltou Andria Schweitzer de Oliveira, da equipe Paylink, vencedora do Reuni Experience 2017.

A equipe vencedora deste ano pensou utilizar totens instalados pela cidade para disponibilizar o uso de internet em redes 3G e 4G mediante contratos por tempo de uso, e não limitá-los a franquia de dados e problemas de conexão.

O presidente do Instituo Órion, Roberto Amaral, comemorou a proposta idealizada e saudou os participantes. “O Reuni Experience tem a vocação de incentivar o empreendedorismo e essa iniciativa é vital para o crescimento do ecossistema da inovação da região, potencializando o trabalho junto às Universidades e Institutos de educação. Estão todos de parabéns pelo evento”, assinalou.  

Assessoria de Imprensa Instituto Órion