O 21 de setembro, Dia da Árvore, e véspera do início da primavera, foi marcado pelo plantio de 300 mudas de aroeira, ipê, escova de garrafa e chal-chal. Estas, entre outras espécies de árvores exóticas e da flora nativa, foram plantadas em vários pontos da cidade pelo pessoal da Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente e por estudantes.

A ação ambiental e ecológica iniciada às 8h30min, na praça da Estação Ferroviária (bairro Ferrovia), teve a participação de grupos de estudantes da Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Saul de Athayde, do secretário Euclides Mecabô (Tchá Tchá) e equipe técnica de servidores municipais formada por bióloga, engenheiro agrônomo e jardineiros do Horto Florestal. “Não basta plantar, é preciso que se cuide das novas mudas, para que elas possam crescer e arborizar a praça que é de todos vocês”, disse Tchá Tchá aos estudantes.

À tarde o plantio ocorreu no Conte, junto à rótula do monumento Boi de Botas. “Até o final deste mês de setembro chegaremos a 3.500 mudas plantadas”, garante o secretário. As mudas utilizadas são, em parte, compradas pela prefeitura. “Boa parte delas recebemos de doação de empresas, por meio de compensação ambiental firmada com o Ministério Público”, fala Tchá Tchá.

 

Fotos: Marcelo Pakinha - Texto: Ascom/PML