Troca de informações técnicas e de experiências do processo produtivo dos queijos artesanais de Minas Gerais e o Queijo Artesanal Serrano. É o principal objetivo de uma comitiva de médicos veterinários dos Serviços de Inspeção Municipal - SIM's, ao município de São Roque de Minas na região do Parque Nacional Serra da Canastra.

Desde segunda-feira, os médicos veterinários dos municípios de Lages, São Joaquim, Anita Garibaldi e Urupema e a médica veterinária do Consórcio Serra Catarinense – Cisama, Andressa Steffen Barbosa, integram este intercâmbio entre o Queijo Minas Artesanal e o Queijo Artesanal Serrano. São parceiros na incursão, técnicos da Emater do Rio Grande do Sul, Emater de Minas Gerais, Epagri e Serviços de Inspeção dos municípios dos Campos de Cima da Serra do RS e SC.

Os Queijos Minas Artesanais são mundialmente conhecidos e seu processo produtivo está sendo analisado pelos técnicos catarinenses e gaúchos, uma vez que o Queijo Artesanal Serrano, já está regulamentado através de legislação sanitária especifica, com processo de produção de forma segura e inócua, que mantém as características tradicionais do produto.

 

Segundo Andressa Barbosa, coordenadora de Projetos do Programa de Atenção à Sanidade dos Produtos de Origem Agropecuária, busca por conhecimentos e experiências como estas são valiosas. “Elas aprimoram a qualidade do produto e auxiliam os profissionais e produtores envolvidos com a regularização do produto, citou.

Onéris Lopes - Assess. de Imprensa da Amures