Na campanha para a Prefeitura de Lages, o então candidato (e hoje prefeito) Antônio Ceron repetiu vários mantras. Um deles é que asfaltaria pelo menos 50 ruas por onde passam ônibus de transporte coletivo. Isso daria a pavimentação de praticamente uma rua por mês. E para isso utiizaria o dinheiro que economizaria com comissionados. 

Ele repetiu várias vezes que a Prefeitura não precisava mais do que 200 comissionados. Hoje são 299. E os gastos com pagamento de salários aumentaram do ano passado para cá (relatório apresentado ontem pelo Observatório Social). Mas tudo bem....

Com relação às promessas de asfaltar ruas, parece que começou a asfaltar mesmo. Só que são ruas com no máximo 100 metros de comprimento. Daí até eu fazia....

Senão, vejamos:

Asfaltou um pequeno trechinho de asfalto entre o Posto Nota 10 e a Via Gastronômica (Trecho da Rua Fausto de Souza - uns 50 metros, no máximo).

Asfaltou outra pequena rua (Travessa) no começo da Rua Correia Pinto até a Emiliano Ramos (Rua Professor Trajano - foto acima). 

Asfaltou outro trechinho lá do lado da sinaleira que sobe para a Av. Papa João XXIII (Rua José Maria da Silva - ali deve dar uns 20 metros, no máximo). 

Asfaltou outro pequeno trechinho atrás do Fórum Nereu Ramos (Rua João Rodrigues de Castro - foto acima).

Asfaltou pouco mais de 150 metros de uma rua que vivia cheia de buracos e crateras, ligando o bairro Pro Morar com a rótula (monumento) Boi de Botas (Rua Edmundo da Costa Arruda - foto acima).  

Hoje pela manhã (28/09), com ato solene e tudo (como se isso fosse necessário), foi dada ordem de serviço para uma pavimentação um pouco maior. Essa rua, a Jorge Arruda, lá no bairro Universitário, tem 280 metros de extensão. Mas o dinheiro - R$ 240 mil - está vindo do Governo do Estado. 

E por aí vai....

Nada contra o asfaltamento desses  pequenos trechos, aliás, não sei por que  motivos deixaram esses pequenos trechos sem asfalto. Mas, se serão 50 ruas desse tamanho, Ceron vai ficar devendo bastante ao povo lageano. 

Já que estão asfaltando pequenos trechos, vou dar algumas outras sugestões, com muita humildade:

- Por que não asfalta todo o entorno do Parque Jonas Ramos?

- A rua defronte à Rádio Clube (aquela da Cacimba)?

- O entorno da praça da Igreja Santa Cruz?

- O entorno da Praça Getúlio Vargas (em frente à Catedral)? - Tem dois trechinhos de uns 20 metros cada, do lado da praça, que ainda não tem asfalto....

- O  trecho entre o Terminal Urbano até a Igreja Presbiteriana (Rua Quintino Bocaiúva - em frente à Credicomin)?

- Por que não renovam a camada de asfalto entre a Rua João José Godinho até a chegada do bairro Vila Comboni (Trecho da Rua José Luiz Bottini - cujos buracos e crateras estão tomando conta)?

A gente está de olho. E vamos continuar cobrando.....

Loreno Siega - Revista Visão