O grupo de street dance do polo do Projeto Lages Melhor, do Centro de Atenção Integral à Criança (Caic) Irmã Dulce, do bairro Guarujá, coordenado pelo instrutor Anderson da Costa, participa nesta terça-feira (3) da fase microrregional do Festival Dança Catarina, que está sendo realizada no município de Urubici. Dez alunos representam Lages na categoria juvenil (12 a 15 anos) na modalidade dança livre.

O Projeto Lages Melhor é uma ação da prefeitura de Lages e Fundação Cultural através da Escola de Artes Elionir Camargo Martins que tem por objetivo levar arte e cultura de forma gratuita aos bairros da cidade, para as pessoas que não têm condições de participar dos cursos no Centro. O polo do bairro Guarujá fica no Caic e oferece os cursos de balé e o próprio street dance. 

Para a diretora da Escola, Angelita Alves Pereira, o Projeto Lages Melhor chegou para literalmente melhorar a qualidade de vida da comunidade em torno do Caic. “Os grupos têm ensaiado há três meses e a dedicação dos alunos está ligada à vontade de dançar. Com as crianças no Projeto trazemos a comunidade do bairro para mais perto da escola”, comenta.

Segundo o instrutor Anderson, o objetivo da participação na etapa em Urubici é a troca de experiência e oportunizar que os alunos mostrem o que estão aprendendo. “No ano passado ficamos em terceiro lugar nessa mesma etapa, neste ano pretendemos representar muito bem nossa cidade e o Projeto”, ressalta.

O Festival Escolar Dança Catarina é uma promoção da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Governo do Estado, com apoio da Secretaria Estadual de Educação, das Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs) e das prefeituras. Considerado o maior evento de Dança Escolar do Brasil, o Festival está em sua 18ª edição e tem como principais objetivos fomentar a Dança na Escola e salvaguardar a educação integral da criança e adolescente na construção de sua cidadania.

Fotos: Fabrício Furtado - Texto: Ascom/PML