A sustentabilidade nas escolas deve ser um conjunto de práticas e conhecimentos que ocorrem dentro do ambiente escolar, mas que deve ultrapassar os muros escolares numa perspectiva de atitude dos estudantes. Deve-se destacar a busca por uma consciência sustentável formada nos alunos abrangendo as famílias e outros grupos sociais e ambientes frequentados por eles. Com base nestas justificativas a Secretaria Municipal de Educação está desenvolvendo a I Gincana Recicla. A ação está presente em 11 escolas da rede e está inserida nas disciplinas de Educação para a Sustentabilidade e Ciências.

De acordo com a coordenadora das disciplinas de Ciências e Educação para a Sustentabilidade, da Secretaria de Educação, a professora doutora Karine Souza Carsten Borges, nos assuntos debatidos em sala de aula, nestas disciplinas, sempre se aborda sobre a correta destinação do lixo. “A família e a escola devem ser os iniciadores da educação para preservar o ambiente natural. Em outras palavras, a criança, desde cedo, deve aprender a cuidar da natureza no seio familiar e na escola é onde se deve iniciar a conscientização”, explica.

Ao considerar que os recursos naturais estão cada vez mais escassos, iniciou-se a ideia de mobilizar a comunidade em geral visando à participação efetiva e ativa na coleta seletiva de resíduos sólidos domiciliares, separando os materiais recicláveis ou reutilizáveis diretamente na fonte de geração. “Com esta ação estamos iniciando um programa de gestão ambiental nas escolas que promove a convivência harmoniosa entre sociedade e natureza. Provemos a informação, sensibilização e mobilização da comunidade em geral”, explica a secretária municipal da Educação, Valdirene Vieira.

Entenda a Gincana

A I Gincana Recicla iniciou no mês de agosto e se estende até o dia 30 de novembro. Os materiais que pontuam para as 11 escolas participantes são metal com latas de alumínio, tampas, panelas, entre outros; plásticos com canos, tubos, baldes, tampas de garrafas, e potes, e papéis através de jornais, revistas, fotocópias, envelopes, caixas, cartazes e embalagens longa vida. “É importante salientar que os materiais de vidro ficam fora por apresentarem risco de acidente quando manuseados por crianças”, lembra a secretária Valdirene Vieira.

A forma de cálculo para a obtenção das médias tem como objetivo a equivalência entre as escolas, ou seja, para aquelas que possuem um número pequeno de alunos poderem concorrer em igualdade com as demais que possuem um número maior. A pontuação será de 1 ponto por quilograma (kg) de material reciclável. Vencerá a gincana a escola que apresentar o maior número, na média por alunos, de materiais arrecadados.

Recolhimento do material

A coleta do material reciclável está sendo feita por uma empresa parceira desta ação e especializada neste tipo de trabalho. A Ipasul atua há dois anos em Lages e percorre todas as escolas participantes fazendo a pesagem e o recolhimento dos recicláveis. Foi desenvolvida uma rota com um cronograma em que a empresa passa nos locais de segunda a sexta-feira nos períodos matutino e vespertino.

De acordo com o proprietário da empresa, Fabiano Rodriguez Gonçalves, a adesão à Gincana, por parte da comunidade escolar e as famílias, foi surpreendente. “Na nossa primeira coleta em uma escola lembro-me que chegamos com uma balança com uma capacidade de pesagem limitada e quando nos deparamos com o volume de materiais tivemos que sair para comprar uma balança melhor e maior para dar conta da demanda”, diz Fabiano. Para execução dos serviços a empresa investe nos equipamentos para a coleta, repassa valores equivalentes ao material recolhido para as escolas participantes, aluguel de um barracão para separação e prensagem dos reciclados e um caminhão.

Premiação

O material reciclável arrecadado será vendido e o valor arrecadado será entregue para a escola correspondente. A Gincana contemplará duas modalidades de premiação, sendo elas:

Modalidade I - Escola. A escola que apresentar o maior número de pontuação na média por aluno terá como premiação o valor de R$ 1.000.

Modalidade II - Turmas. De 1º ao 5º e do 6º ao 9º ano: 1º lugar - cada aluno receberá um tablet. Os professores incentivadores de cada categoria também receberão prêmios, sendo um tablet.

A solenidade de entrega dos prêmios será realizada no dia 5 de dezembro em local ainda a ser definido.

 

Fotos: Divulgação   - Texto: Ascom/PML