Sem desmerecer o político e deputado Sílvio Dreveck (PP). Mas não estou entendendo a vinda dele nesta sexta-feira (17/11), às 9 horas, para uma coletiva sobre as atividades da Alesc na Prefeitura de Lages. 

Afinal, a Alesc é um órgãos estadual. Tem 40 deputados, das várias regiões. Sua sede física e as reuniões dos deputados acontecem lá em Florianópolis. Então, por que uma coletiva em Lages para fazer balanço de suas ações à frente de um órgão estadual? Por acaso o tal do Síivio Drevek destinou alguma emenda para a Prefeitura de Lages? Ou para as prefeituras da região? Há na Alesc algum projeto de interesse específico dos serranos?

Por falar nisso, hoje pela manhã (16/11) o dito cujo deputado esteve em Otacílio Costa, fazendo a mesma coisa. Com certeza, é uma  belíssima estratégia para ser mais conhecido nas várias regiões catarinenses. Afinal, 2018 vem aí. E nada como usar a máquina pública da Alesc, se duvidar até com diárias, para dar uma "alisada no nome" nas várias regiões e, com isso, tentar "arregimentar" mais alguns votinhos no próximo ano. 

Aliás, colegas de imprensa, vocês lembram de algum outro presidente de Alesc que esteve em Lages para dar coletiva sobre sua atuação à frente daquela casa Legislativa?

Se depender de mim, não vou dar a ele esse gostinho. Essa postagem já basta para falar do dito cujo. 

Loreno Siega - Revista Visão