O engenheiro Dr. Aécio Lira é um dos grandes artífices da criação do sistema de ensino híbrido para os cursos de engenharia e arquitetura e urbanismo da Unicesumar, uma inovação que promete revolucionar o ensino destas graduações no Brasil e que foi lançado oficialmente há poucos meses em Maringá, sede da instituição. 

Juntamente com o jovem empresário Andrey Schmitt, dono de 10 pólos de EAD da Unicesumar em SC e no RS, eles estiveram ontem à noite em Lages para explicar a formadores de opinião as características desta nova modalidade de ensino. 

O polo da Unicesumar de Lages está entre os primeiros de Santa Catarina a contar  com o inédito modelo híbrido de ensino de Engenharia e Arquitetura e Urbanismo do Brasil. É uma nova modalidade de ensino, que une o melhor da educação a distância com o melhor da formação presencial. De acordo com o coordenador do projeto Híbrido da Unicesumar, Aécio Lira, o investimento, nesse modelo de educação, tem por objetivo melhorar a qualidade e a formação desses profissionais. Estão sendo investidos R$ 100 milhões em todo o Brasil para implantar a metodologia. 

Formadores de opinião da área educacional de todo país estão apontando o projeto como uma das maiores novidades no ensino superior no País. Desenvolvido ao longo dos últimos dois anos, o novo modelo nasceu da troca de experiências de professores renomados de Engenharia no Brasil que, juntos, descobriram um novo significado para o ensino oferecido até hoje no país, seja no modelo presencial, como na educação a distância. “Nossa inquietação inicial foi a alta evasão escolar, a má qualidade da maioria dos cursos existentes – uma calamidade –, a baixa empregabilidade dos recém-formados e o comprometimento da indústria nacional num futuro bem próximo”, conta Lira.

"Calamidade na formação de engenheiros no Brasil"

De acordo com Lira, há uma “crise nacional” na formação de engenheiros no Brasil. “A cada ano, cerca de 300 mil novos alunos ingressam nas centenas de faculdades de Engenharia no país. De cada 100 alunos que entram na faculdade, apenas 35 concluem o curso. E dos cinco mil cursos de Engenharia existentes no Brasil, apenas 19% têm nota 4 ou 5 no Enade, contra 51% que têm notas 1 e 2 e 31% como nota 3. O ensino de Engenharia no Brasil só cresce em quantidade, mas não em qualidade; um verdadeiro caos”, explica. Diante dessa realidade, o professor Lira, juntamente com a Unicesumar, formataram essa nova metodologia.

Como funciona

O Híbrido Unicesumar é a nova escola de Engenharias e Arquitetura e Urbanismo do Brasil, que utiliza técnicas pedagógicas presenciais e a distância. É uma metodologia inovadora que oferece qualidade de ensino, tecnologia educacional de ponta, garantia de aprendizagem, material didático próprio e estrutura física nos polos escolhidos para receber o modelo Híbrido, que oferecerão salas de aulas modernas e laboratórios físicos e virtuais, com recursos em realidade aumentada e práticas programadas.

Cinco engenharias e Arquitetura e Urbanismo 

O Híbrido Unicesumar oferecerá cursos de Engenharia Elétrica, Engenharia Civil, Engenharia Mecatrônica, Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção e Arquitetura e Urbanismo, todos com cinco anos de formação. O ano letivo será dividido em quatro módulos, com duração de dez semanas cada e duas disciplinas por módulo. A semana de aula está estruturada para seis dias de atividades, sendo três dias de autoestudo, um dia de aula ao vivo (transmitidas via streaming live), dois dias de encontro presencial no polo e/ou de prática laboratorial, também no polo. Todas as atividades presenciais terão controle de frequência de, no mínimo, 60% de presença.

O Híbrido Unicesumar foi estruturado a partir de metodologias ativas, com aprendizagem baseada na reflexão sobre a experiência, em projetos e solução de problemas e em timing. A metodologia reúne, ainda o ensino dirigido e por pesquisa, estudos de caso, gameficação e peer instruction (instrução entre pares).

A sala de aula no modelo Híbrido é invertida. Antes das aulas, o aluno prepara-se sobre o tema. Durante as aulas, o aluno pratica os conceitos aprendidos. Depois das aulas, o aluno revisa o conteúdo e estende seu aprendizado.

Sobre a Unicesumar

Hoje, a Unicesumar possui mais de 200 polos de EAD, 100 mil alunos, 3 mil colaboradores e presença em todos os estados brasileiros. A instituição iniciou suas atividades em educação a distância em 2006, com 266 alunos matriculados em três cursos de Graduação: Gestão Financeira, Gestão Comercial e Recursos Humanos. Atualmente, oferece cerca de 80 cursos, entre os de graduação e de Pós-Graduação, além de cursos livres e cursos desenvolvidos sob demanda para empresas. A Unicesumar está entre os 10 maiores grupos privados do País.

 Liliani Bento - New Age Comunicação - Fotos: Loreno Siega - RV