A Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Lages efetuou nesta terça-feira, 5, o repasse de recursos para as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAEs) de sete municípios da Serra Catarinense: Lages, Otacílio Costa, Correia Pinto, São José do Cerrito, Campo Belo do Sul, Anita Garibaldi e Bocaina do Sul.

Os recursos totalizam R$ 304.310,81 e são referentes ao repasse extra do Fundo Social liberado pelo governador Raimundo Colombo, através da Fundação Catarinense de Educação Especial, presidida por Eliton Carlos Verardi Dutra. Os valores vieram em boa hora para as instituições, que são responsáveis pela Educação especial na região e são mantidas com recursos públicos (municípios e Estado), doações da comunidade e eventos beneficentes.

De acordo com a presidente da APAE de Correia Pinto, Rozangela Córdova, os R$ 29,9 mil serão aplicados no pagamento da folha salarial da entidade. "Vamos colocar em dia o pagamento, pois contamos com 12 funcionários, entre fisioterapeuta, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, secretária, merendeira, motorista e serviços gerais", relata.

A mesma situação é compartilhada pela presidente e fundadora da APAE de Otacílio Costa, Irene Ebel Garcia. "Não estávamos esperando esses valores, mas como são recursos para custeio, serão utilizados para o pagamento da folha salarial dos funcionários", ressalta Garcia.

De acordo com o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Lages, João Alberto Duarte, os recursos fazem parte da atenção dedicada pelo Governo do Estado à Educação Especial. "Os funcionários dessas instituições ajudam a sociedade de uma forma tão intensa e dedicada que, nada mais justo, que possam ter seus salários pagos em dia", completa.

 

Confira os valores repassados

Apae de Lages - R$ 134.349,85

Apae de Otacílio Costa - R$ 37.634,15

Apae de Correia Pinto - R$ 29.945,45

Apae de São José do Cerrito - R$ 29.945,45

Apae de Campo Belo do Sul - R$ 24.684,76

Apae de Anita Garibaldi - R$ 38.443,48

Apae de Bocaina do Sul - R$ 9.307,37

 

 

Texto: Agência de Desenvolvimento Regional de Lages