O pontapé inicial para a criação do Conselho Municipal de Turismo foi dado na segunda-feira (11), durante a segunda reunião do programa “Videira Turismo de Valor”. Estiveram presentes representantes do trade turístico da região, como hotéis, bares e restaurantes, além de entidades como CDL e Aciav, dentre outros.

“Este movimento tem como foco conscientizar a comunidade sobre a importância do fortalecimento do trade turístico para o fomento econômico da nossa região”, comenta a diretora de Turismo e Cultura, Francini Lira de Oliveira.

Na ocasião foi apresentado o case “Desenvolvimento do Turismo em Itá/SC”, pelo diretor do Convention Bureau Águas do Oeste, Luiz Roberto de Quadros, e pelo consultor do grupo ECO & ECO de Campinas (SP), Wilson Miguel. O município de apenas 6 mil habitantes é referência em desenvolvimento do potencial turístico.

“Videira tem muitas belezas naturais e um grande potencial turístico, especialmente pela história da nossa região e pelo potencial de setores como a vitivinicultura. Devemos nos espelhar em exemplos como o da cidade de Itá e fazer um planejamento a longo prazo para que o setor se consolide e atraia cada vez mais pessoas e investimentos”, avalia o prefeito Dorival Carlos Borga.

Representantes do poder público e da iniciativa privada participaram do encontro para debater sobre o desenvolvimento do setor turístico de Videira e dos municípios que integram a Rota da Amizade, e também deram início a estrutura organizacional do Conselho Municipal de Turismo.

CONSELHO| Instituído pela Lei nº 3.504, de 23 de novembro de 2017, o Conselho Municipal de Turismo é um colegiado de participação direta da sociedade civil na Administração Pública, de caráter consultivo, orientador, promotor e de assessoramento do turismo de Videira.

Na reunião da última segunda-feira, alguns dos participantes já se voluntariaram para trabalhar, no conselho. A seleção de parte dos representantes aconteceu nesta reunião, sendo que a composição total e efetivação dos conselheiros acontecerá na primeira quinzena de janeiro.

O Conselho será formado por 14 membros titulares e suplentes, sendo cinco representantes do poder público, quatro membros da sociedade civil organizada e cinco membros do comércio turístico local.

Núbia Garcia - Assess. de Imprensa de Videira